CNI/Ibope: brasileiro acredita que sua renda não muda nos próximos meses

Para 42% dos entrevistados, inflação e desemprego irão aumentar nos próximos seis meses

SÃO PAULO – O brasileiro parece não acreditar que sua renda sofrerá mudanças positivas nos próximos seis meses.

De acordo com Pesquisa CNI-Ibope, divulgada nesta quarta-feira (15), para 49% dos entrevistados, sua renda não vai mudar em breve. Outros 32%, em contrapartida, acreditam que terão um aumento de salário nos próximos meses, enquanto 13% mais pessimistas esperam uma redução de renda.

Economia brasileira

Já em relação à economia para os próximos seis meses, 42% acreditam em um aumento da inflação, enquanto outros 38% dizem que o comportamento dos preços se manterá. Do lado otimista, 15% apostam em uma redução.

PUBLICIDADE

Em relação ao desemprego, 42% acreditam que este problema irá aumentar, contra os 29% que dizem que nada irá mudar. Outros 24% afirmam que novas vagas serão geradas.

Sobre a pesquisa

A pesquisa CNI-Ibope foi realizada de 8 a 11 de março e possui abrangência nacional. Foram ouvidos 2.002 eleitores com idade acima de 16 anos, em 143 municípios brasileiros.