Em carreira / clt

Cardozo diz que governo fará todos os esforços para acordo de caminhoneiros

"Há um papel de mediação e há questões que dizem respeito ao governo", disse o ministro, citando a lei dos caminhoneiros - que aguarda sanção da presidente - e "outras reivindicações ao governo"

Randon 04 - Caminhão
(Divulgação Randon)

O governo federal fará "todos os esforços" para que o protesto dos caminhoneiros tenha um bom desfecho, garantiu nesta quarta-feira, 25, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Nesta tarde, governo e caminhoneiros têm uma reunião em Brasília para discutir o tema.

 

Cardozo afirmou que o governo terá um papel de "mediador" e também assume "firme disposição" para dialogar naquilo que compete ao Executivo fazer sobre o tema. "Há um papel de mediação e há questões que dizem respeito ao governo", disse o ministro, citando a lei dos caminhoneiros - que aguarda sanção da presidente - e "outras reivindicações ao governo".

 

Segundo o ministro, a posição do governo segue duas diretrizes no momento: respeito à lei e disposição ao diálogo. "É legítimo que pessoas se manifestem, mas não podemos trazer danos à sociedade, privar pessoas de alimentos, de medicamentos. Quando se tranca uma estrada, que é uma via publica, eu acredito que acima de tudo o governo tem que zelar pelo cumprimento da lei", afirmou Cardozo.

 

Contato