Certificação nacional para profissionais de investimento ficará mais fácil

A partir de 1º de outubro, profissionais estarão isentos de realizar prova do CNPI, quando fizerem outros exames específicos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A partir de 1º de outubro, a obtenção do CNPI (Certificado Nacional dos Profissionais de Investimento) ficará mais fácil para os profissionais de investimento.

Isso porque, no último dia 6 de julho, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) aprovou a Deliberação 633, que isenta os profissionais de terem de realizar os exames de conteúdo global do CNPI quando aprovados em outros exames específicos, que devem ser aceitos pelas entidades credenciadoras de analistas de valores mobiliários. São eles:   

– Exam 1 do Foundation Level do programa de certificação internacional para profissionais de investimentos organizado por quaisquer membros do ACIIA (Association of Certified International Investment Analysts);

Aprenda a investir na bolsa

– Levels I e II do programa de certificação CFA (Chartered Financial Analyst) organizado pelo CFA Institute;

– Series 86 do programa de qualificação de analistas organizado pela Financial Industry Regulatory Authority.

Outras exigências
De acordo com o texto da Deliberação, além da aprovação em qualquer dos exames mencionados anteriormente, as entidades credenciadoras devem exigir a aprovação dos candidatos em exames que avaliem o conhecimento do mercado e da legislação nacional.

“Nós apoiamos totalmente esta nova regra, pois ela é um importante reconhecimento dos altos padrões éticos, de educação e excelência profissional exigidos dos mais de 200 mil candidatos do CFA em todo o mundo”, observou o diretor administrativo sênior do CFA Institute, Bob Johnson.