Confira

CEO milionário revela o que fez aos 20 anos para alcançar o sucesso aos 30

Segundo Vaynerchuk, a década dos 20 é essencial para e preparar e focar onde quer chegar

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Gary Vaynerchuk é o fundador e CEO da VaynerMedia, agência digital com foco em redes sociais com sede em Nova York.

A companhia fundada em 2009 presta serviços estratégicos e de mídias sociais para empresas como General Electric, Anheuser-Busch, Mondelez e PepsiCo. Segundo o Business Insider, em 2016 a receita da companhia chegou a US$ 100 milhões e este ano a expectativa é que a empresa alcance US$ 125 milhões. 

Segundo ele, a década dos 20 anos é essencial para e preparar e focar onde quer chegar, e ele credita seu sucesso aos 30  e depois aos 40 anos pelo esforço quando era mais jovem. 

PUBLICIDADE

Aos 31 anos, Vaynerchuk assumiu o negócio de vinhos da família em Nova Jersey, um e-commerce, e fez com que a vinícola passasse de cerca de US$ 3 milhões de receita anual para quase US$ 60 milhões, em cinco anos.

Adotou estratégias de vendas e começou a fazer vídeos no YouTube sobre o assunto. A partir desse negócio começou a acumular sua fortuna, se tornando milionário aos 35 anos. 

“Eu trabalhei muito dos 22 aos 29 e aprendi o máximo que eu pude sobre negócios”, afirma o CEO, hoje com 41 anos.

“Eu trabalhei todos os sábados entre os meus 22 e 29. Foram cerca de 50 sábados por ano, até que conheci minha esposa e comecei a ter que construir algum nível de equilíbrio entre trabalho e vida”, conta o empresário. Ele explica que isso não é uma fórmula certa do sucesso, mas é essencial se preparar desde cedo para alcançar algo no futuro.

“Eu fui um pouco radical, cada um se prepara e aprende mais do seu negócio como dá e pode”, diz. Todo sábado de manhã ele estudava vinhos, os tipos e combinações. Além disso, estudou ferramentas de marketing e buscou livros sobre administração.

“E quando comecei a formar minha equipe para a vinícola eu tinha conhecimento sobre o produto, sabia montar o site e administrar a equipe”, afirma.

PUBLICIDADE

Vaynerchuk conta que é muito criticado por se auto-promover hoje em dia. Quando isso acontece ele sempre aponta para todos os anos que passou trabalhando nos bastidores, o que fez a diferença. “Se qualquer um pesquisar vai perceber rapidamente que eu não disse uma palavra até chegar aos 30, quando eu já tinha construído um negócio enorme”, afirma.

Hoje Vaynerchuk é investidor anjo da Uber, Birchbox, Snapchat, Facebook, Twitter e Tumblr, entre outras. E realiza palestras em congressos de tecnologia e empreendedorismo global.