Censo: Previdência publica 1º edital de suspensão de benefícios nesta quarta

Dos convocados em outubro de 2005, 80.898 não compareceram às agências bancárias para atualizar os dados cadastrais

SÃO PAULO – Nesta quarta-feira (15), será publicado o primeiro edital de suspensão de benefícios em razão do não comparecimento ao Censo Previdenciário. Dentre os convocados em outubro de 2005, 80.898 não compareceram às agências bancárias para atualizar seus dados cadastrais até 24 de fevereiro.

O Ministério da Previdência Social informou que, somente em São Paulo, 15.662 benefícios serão bloqueados. No Rio de Janeiro, há 9.401 segurados que não responderam ao Censo. Já os estados de Roraima (86) e do Tocantins (315) tiveram os menores índices de não comparecimento.

Como proceder

Vale lembrar que em nenhum momento os segurados devem ir às agências da Previdência Social para fazer o Censo ou desbloquear o benefício. Todas as etapas do recenseamento são feitas nas agências bancárias. A Previdência alerta para que os segurados não deixem para responder ao Censo na última hora.

PUBLICIDADE

Os beneficiários irregulares só terão o pagamento de março (depositado nos cinco primeiros dias úteis de abril) liberado depois de confirmarem seus dados cadastrais na agência bancária em que recebem o benefício.

Os documentos obrigatórios para fazer o Censo são o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e um documento de identificação. O INSS recomenda, também, que o beneficiário apresente um comprovante de residência e o Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).