Casa própria: novo salário mínimo aumenta limites para financiamento

Mudança do mínimo, prevista para abril, vai abarcar os trabalhadores que ganham entre R$ 1.050 e R$ 1.750

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A partir de abril, os limites de financiamento da casa própria serão alterados. A expectativa se deve ao aumento do salário mínimo, que passará dos atuais R$ 300 para R$ 350 a partir do quarto mês deste ano.

Linhas especiais de financiamento

É que o governo dispõe de linhas de financiamento especialmente criadas para quem ganha entre três e cinco salários mínimos.

Isso significa que deve subir a parcela da população beneficiada por essas linhas, uma vez que os beneficiados, que antes precisavam ganhar entre R$ 900 e R$ 1.500, agora precisam receber entre R$ 1.050 e R$ 1.750.

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, o salário mínimo também é utilizado para empréstimo habitacional com recursos do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Taxa anual de financiamento

A menor taxa para essa modalidade de financiamento engloba trabalhadores com renda máxima mensal equivalente a cinco salários mínimos (6% ao ano mais TR).

Mas para rendimentos mensais de até R$ 3.900, essa taxa sobre para de 8,16% ao ano mais TR. Acima disso, o juro anual salta para 10,16% mais TR.

A alteração no mínimo também deve interferir no valor de benefícios como o abono do PIS/ Pasep e do seguro desemprego.

Para outras informações sobre o financiamento de imóveis basta acessar a página da Associação Nacional dos Mutuários e Moradores na internet.