Carreira: você é comprometido com sua empresa?

Equipes motivadas e comprometidas com os resultados da empresa são mais competitivas e produtivas

SÃO PAULO – Trabalhar em um ambiente agradável, com boas condições e pessoas de bom humor é realidade ou apenas uma utopia? Você já parou para pensar que esse questionamento pode estar diretamente relacionado ao seu comprometimento com a empresa?

De acordo com o consultor do IDORT/SP, David Carlessi, a empresa formada por colaboradores que tem amor
pelas atividades exercidas atinge o sucesso de forma mais rápida e consolidada.

“Uma equipe motivada e comprometida com os resultados da sua empresa consequentemente é mais competitiva e produtiva. E esse comportamento é percebido não só pelos seus funcionários, mas também pelos clientes e fornecedores”.

O paraíso é aqui?

PUBLICIDADE

É claro que todo o ambiente corporativo enfrenta problemas cotidianos, ou até mesmo financeiros. Assim, a empresa, por melhores condições que ofereça, não é um paraíso. Porém, essas dificuldades podem ser solucionadas com mais afinco se os componentes da equipe trabalham com mais amor à profissão.

“O mundo não é cor de rosa para ninguém, mas no ambiente corporativo no qual as pessoas vestem a camisa, elas adquirem uma capacidade maior para lidar com os problemas. No lugar de se enfatizar o lado ruim de cada procedimento, valoriza-se o lado positivo, e os colaboradores aprendem a lidar com mais energia diante das adversidades.”

Perfil

O perfil de um profissional totalmente comprometido com o seu trabalho e com a empresa é fácil de ser identificado.

Para Carlessi as principais características de um colaborador comprometido com as suas atividades são:

  1. Proatividade;
  2. Integração com a equipe;
  3. Comprometimento com a execução das suas atividades e de outros processos da empresa;
  4. Bom humor;
  5. Pessoas que possuem um foco bem definido.

Os indiferentes

Geralmente, os jovens, que estão começando a carreira agora, também conhecidos como geração y , são menos comprometidos com a empresa. Não pensam duas vezes antes de trocar de emprego, diante de uma proposta de salário maior, por exemplo.

Na opinião do consultor, essa situação pode ser revertida com uma boa gestão, ou seja, com o líder da equipe exercendo o seu papel.

“Essas pessoas precisam passar por um processo de educação e o gestor da empresa é o responsável por essa missão. Neste caso, o líder
pode começar a motivar os seus colaboradores evidenciando a importância de cada um para o desenvolvimento da empresa. Além de desafiá-los constantemente”.

Carlessi afirma que ao mostrar que essa é a alternativa para alcançar o tão sonhado sucesso profissional, a equipe jovem passa a criar vínculos com a empresa e se comprometer com o seu desenvolvimento.

Como tornar a equipe motivada?

Motivar uma equipe parece ser uma missão impossível em alguns casos, mas não é. Basta o gestor mudar a maneira de olhar e conduzir a sua equipe.

“A cúpula de direção da empresa é a principal responsável por fazer com que os seus colaboradores sejam comprometidos com o desempenho da instituição. E isso é possível a partir de uma gestão participativa. É essencial envolver cada membro em todos os processos, inclusive nos momentos de dificuldade; além de priorizar uma comunicação transparente (fornecendo os feedbacks) e, sobretudo, mostrar a diferença que cada um faz no desenvolvimento da empresa”.