Carreira pública: estudantes de SP contarão com programa de estágio

Serão oferecidas 12 mil vagas, a serem preenchidas por meio de processo seletivo; inscrições começam em março

SÃO PAULO – Estudantes do Estado de São Paulo contarão com um programa único de estágio, que vai oferecer mais de 12 mil vagas a serem preenchidas por meio de processo seletivo. A oportunidade, que deve ser considerada por quem quer seguir carreira, foi criada por meio de decreto assinado pelo governo José Serra, na quarta-feia (27).

Anteriormente, cada órgão possuía um sistema diferente de contratação. O estágio em órgão público é uma alternativa para colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, conhecer a rotina de um ambiente corporativo e começar a vida profissional. O vínculo empregatício valerá por um ano, podendo ser prolongado por mais um.

A bolsa mensal irá variar de R$ 300 a R$ 1 mil, dependendo da carga horária e do nível de escolaridade.

Seleção

PUBLICIDADE

O processo seletivo será realizado em todas as regiões administrativas de São Paulo, pela Fundap (Fundação do Desenvolvimento Administrativo), sendo oferecidas 7,8 mil vagas na Grande São Paulo e 4,4 mil no interior. As inscrições deverão ser feitas em www.fundap.sp.gov.br, no mês de março, enquanto as provas serão realizadas em abril.

Os selecionados começarão a ser chamados em julho deste ano. A participação implica pagamento de taxa de R$ 15. A inscrição poderá ser feita nos postos Acessa São Paulo e telecentros da Prefeitura, que oferecem acesso gratuito à internet. Os endereços das provas serão divulgados no site da Fundep.

O exame será composto por questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais.

Oportunidade

Na justificativa do projeto, Serra disse que, quando o jovem procura emprego, sempre precisa ter experiência e, caso não tenha estágio, fica mais difícil encontrar. “É importante ter jovens competentes que, no futuro, possam integrar nossos quadros. Isso representa renovação”, completou.

O secretário de Gestão Pública, Sidney Beraldo, destacou que um dos grandes desafios da sociedade moderna é criar oportunidades para o jovem ingressar no mercado de trabalho.

Sobre o programa, ele ainda ressaltou o número de vagas que foram criadas. “De acordo com o Seade e Dieese, na região metropolitana de São Paulo existem hoje 95 mil vagas de estágio. Com as vagas oferecidas pelo Estado, esse número terá um acréscimo de 8%”, disse.