Carreira: para boas oportunidades, cuidado com a língua portuguesa

Profissional deve saber escrever bem para concorrer à vaga. Veja dicas para escrever uma redação que aumentará suas chances

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Muito se fala sobre a importância de uma segunda língua na hora da procura de emprego. No entanto, o que muita gente não sabe é que os profissionais acabam por perder a chance de se classificar para uma vaga quando escrevem o próprio português.

Falta de acentos, vírgulas em locais incorretos e, até mesmo, péssima letra. Quando a entrevista implica em escrever uma redação, muitos são eliminados de cara. Por isso, veja as dicas abaixo, para não perder oportunidades.

Para escrever bem, comece a ler

Somente quem tem o hábito de ler regularmente tem capacidade de escrever com clareza e perfeição. Muitos profissionais de comunicação dividem esta opinião, que deve passar de afirmação para conselho.

Aprenda a investir na bolsa

A leitura permite que as pessoas conheçam formações gramaticais. Além disso, com ela é possível ampliar o vocabulário e estudar a grafia das palavras. Quando vistas diversas vezes, se decora se haja escreve-se sem ou com a letra h, o que acontece com outras palavras.

A regra acima não é limitada apenas aos profissionais de comunicação, para os quais a leitura é básica, mas para médicos, advogados, engenheiros e outros. Crie o hábito de ler, o que poderá ser um diferencial em alguns momentos.

Na redação, simplicidade

Para quem pensa que um texto rebuscado demonstra conhecimento está muito enganado. Palavras difíceis, uso de figuras de linguagens e outros recursos apenas atrapalham a conclusão da redação.

Por este motivo, o melhor a fazer é ser simples. Isso não significa que o texto está mal escrito, mas que as pessoas o compreenderão melhor. Veja a seguir outras dicas básicas que são dadas como instrução em cursos universitários de jornalismo e por profissionais da área:

  • Os textos devem ser compreendidos e, para isso, você deve organizar suas idéias e escrever com clareza. Isso significa ir direto ao assunto e não rodear sem chegar a nenhuma conclusão.
  • Logo depois de escrever, veja o resultado, ou seja, leia. O texto deve ter harmonia e a leitura dele deve ser prazerosa. Para que este objetivo seja alcançado, evite a repetição de palavras.
  • Por fim, um texto bem escrito é aquele que não apresenta erros de concordância, ortografia e regência. Para que você não cometa estes equívocos, o mais fácil é utilizar a ordem direta das frases: sujeito + ação + complemento.