Carreira: muda perfil de profissional de TI exigido pelas empresas

Se antes ele devia apenas proteger o computador e o sistema, hoje as empresas já pedem resultados lucrativos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No início da era da informática, pensava-se que o computador viria apenas para substituir a máquina de escrever. Além disso, seu uso era restrito a executivos de alto escalão. Com o passar do tempo, no entanto, as máquinas evoluíram e os profissionais incumbidos de cuidar delas também tiveram de se desenvolver.

Se antes o profissional de tecnologia da informação (TI) devia apenas fazer com que o computador não pegasse vírus, hoje suas atividades são mais complexas e vão além de saber lidar com a máquina e o sistema.

De acordo com o fundador do iBuscas e especialista em TI, Eduardo Favaretto, antes as atividades se limitavam a não deixar o sistema ser invadido ou cair. “Esse profissional já não existe mais, caiu em desuso juntamente com o antigo sistema operacional DOS”, afirmou.

Mudanças

Aprenda a investir na bolsa

TI passou a alinhar negócios e estratégias das empresas, resolvidos por e-mails, comunicadores instantâneos, videoconferência e outros. Para Favaretto, com isso, o profissional de TI teve de agregar valor diante das atividades desenvolvidas na empresa, para aumentar o rendimento do local onde trabalha.

“Já não basta apenas entender de softwares, banco de dados e ferramentas de gestão, há necessidade de entender como está estruturada a empresa e conhecer o funcionamento de seus negócios, identificar o modo correto de implementar mudanças e otimizar processos”, disse.

Dicas essenciais

Existem dicas que são aplicáveis a todos os profissionais. Para os de TI, para que se dêem bem neste momento no mercado de tecnologia, encaixam-se o aprendizado constante e a pró-atividade.

“Percorrer os departamentos da empresa, detectar os entraves de desenvolvimento e dar sugestões sobre soluções que possam auxiliar no trabalho dos outros profissionais e colaboradores também é papel do profissional de TI”, disse.