Carreira: brasileiros estão mais seguros em relação ao emprego

De acordo com pesquisa da ACSP, aqueles que estão "muito mais confiantes" somaram 11% do total

SÃO PAULO – Crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), inflação sob controle, distribuição de renda e queda na taxa de informalidade e desemprego. Com os dados positivos na economia brasileira, não é de se impressionar o fato de os trabalhadores estarem mais seguros em relação ao emprego.

De acordo com levantamento realizado pela Ipsos a pedido da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), 34% dos brasileiros estão “um pouco mais confiantes” no que se refere à segurança no emprego. Os dados mostraram que aqueles que estão “muito mais confiantes” somaram 11% do total.

A pesquisa resulta de mil entrevistas realizadas entre os dias 23 e 30 de janeiro, em 70 cidades.

Contraposição

PUBLICIDADE

Por outro lado, as pessoas que têm uma visão negativa com relação ao trabalho foram 25%, distribuídas em 18% que estão “um pouco menos confiantes” e 7%, “muito menos confiantes”. Para 26%, a situação está mais ou menos igual na comparação com seis meses atrás.

Outro dado da pesquisa pode justificar porque os brasileiros estão confiantes em relação ao emprego: 61% deles disseram que, pensando nos últimos seis meses, não conhecem, pessoalmente, alguém que tenha perdido o emprego por causa de condições da economia. O restante (38%) disse conhecer.

Dentre os que responderam sim, 4,27 é o número médio de conhecidos que perderam o emprego.

Futuro

Apesar do otimismo da maioria, quando os entrevistados foram questionados sobre as chances de perderem seu emprego nos próximos seis meses, por conta das condições da economia, o resultado não foi tão positivo, já que 34% disseram que são médias, de acordo com a tabela abaixo:

PossibilidadeProporção
Muito grande9%
Um pouco grande16%
Média34%
Um pouco pequena23%
Muito pequena12%
Não sabe/Não respondeu5%

Fonte: ACSP