Carreira: ajuda dos pais é bem-vinda… mas é preciso moderação!

Na conquista do primeiro emprego, apoio dos pais pode ser decisivo, desde que haja cuidado para não exagerar no "empurrão"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A escolha da carreira muitas vezes gera um dilema. Afinal, é preciso conciliar o que se gosta de fazer com a realidade do mercado e retorno financeiro da profissão escolhida.

Diante de tantos obstáculos, naturalmente alguns jovens acabam optando por áreas onde os pais possam exercer algum tipo de influência, dando um “empurrãozinho” inicial na carreira. A dúvida, neste caso, é: até onde esta ajuda é saudável?

Mãe de miss

Quem já não ouviu falar da síndrome “mãe de miss”? O termo serve para definir o perfil de pais que torcem tanto pelos filhos, que passam das medidas. Na busca por realizar aquilo que não conseguiram, fazem tudo para ver nos seus “herdeiros” do sonho concretizado.

Aprenda a investir na bolsa

Para isso, vale tudo: no início, influenciar na escolha da carreira dos filhos e opinar na faculdade a ser cursada (geralmente a mais próxima!). Na hora de arrumar estágio ou primeiro emprego, a proteção continua: começa a campanha de encaminhar o currículo a todos os amigos possíveis ou mesmo colocar o futuro profissional.

A ajuda, mesmo exagerada, pode até ser bem recebida no início. Porém, passado algum tempo, tudo isso lhe será prejudicial. Sendo assim, cuidado com esses exageros!

Receber ajuda vale, mas…

Não se acomode e posicione-se! Isso quer dizer que nem todos os pais erram na dose: alguns filhos se aproveitam muito da situação.

Isso significa que um empurrãozinho inicial é sempre bem-vindo, mas que a ajuda deve ser descartada ao longo do tempo. Afinal, você quer ou não ter vida própria?

Todo conselho na trajetória profissional é positivo. Porém, é fundamental que você defina exatamente o que quer e gosta de fazer.

Futuramente, trabalhando na empresa do seu pai ou sendo indicado por ele para um emprego, o importante é que você capriche em sua postura.

PUBLICIDADE

Com o passar do tempo, perceberá que no mundo profissional você deverá se provar o tempo todo, mostrando o seu diferencial. O caminho, com ou sem ajuda, não é fácil. Por isso, o melhor a fazer é apostar em você e no seu melhor. Boa sorte!