Carnaval não afetou mercado de trabalho em fevereiro, diz pesquisa

Empresas nacionais foram responsáveis pela abertura de 77% das vagas e os engenheiros foram mais solicitados

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em fevereiro, o mercado de trabalho se manteve estável, ao ser comparado com janeiro. Segundo levantamento realizado pela Ricardo Xavier Recursos Humanos, no período, foram abertas 1.728 vagas, contra 1.772 geradas no primeiro mês do ano, o que significa uma redução de 44 oportunidades, ou baixa de 2,5%.

“O resultado de fevereiro foi muito positivo, já que, além do Carnaval, tivemos menos dias úteis. Isso significa que não houve diminuição na contratação e que o cenário otimista para os próximos meses se mantém”, explica o presidente da Ricardo Xavier Recursos Humanos, Hélio Terra.

As empresas nacionais foram responsáveis pela abertura de 77% das novas oportunidades. Já as multinacionais ofereceram 23% das vagas.

Aprenda a investir na bolsa

Situação do mercado
Na análise por área, a pesquisa mostra que, no mês de fevereiro, a Comercial foi responsável por 12% das vagas. Confira abaixo a lista completa:

  • Comercial: 12%
  • Engenharia: 11%
  • Administrativa: 8%
  • Industrial: 7%
  • Recursos Humanos: 7%
  • Financeira: 6%
  • Marketing: 4%
  • Contabilidade: 4%
  • Tecnologia da Informação: 4%

Profissionais mais procurados
Os engenheiros continuam sendo os profissionais mais procurados no mercado. No período, 26,8% do total das vagas abertas foram para eles. Veja abaixo as dez graduações mais solicitadas no segundo mês do ano:

  1. Engenharia;
  2. Administração;
  3. Ciências Contábeis;
  4. Economia;
  5. Propaganda/Publicidade e Marketing;
  6. Psicologia;
  7. Tecnologia da Informação;
  8. Direito;
  9. Análise de Sistema;
  10. Comércio Exterior.

Sobre a pesquisa
O estudo abrange as seguintes localidades: São Paulo (Capital e Grande São Paulo), Campinas (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA).

Dentre elas, as cidades que mais abriram vagas em fevereiro foram São Paulo, com 24%, Rio de Janeiro, com 17%, Salvador e Campinas, com 13%, Porto Alegre e Belo Horizonte, com 12%, e Curitiba, com 9%.