Pandemia

Câmara adia para hoje votação da MP de terceirização de tripulantes de aeronaves

A MP 1029/21 desobriga órgãos públicos de formalizarem contrato de trabalho com profissionais do setor.

Filas de passageiros sentados em avião
(Shutterstock)

Após um intenso debate entre parlamentares do governo e da oposição, a Câmara dos Deputados adiou para a tarde desta quarta-feira (26) a votação da Medida Provisória (MP) que permite a terceirização de tripulantes de aeronaves contratadas por órgãos públicos.

A MP 1029/21 altera a lei que dispõe sobre o exercício da profissão de tripulante de aeronave, denominado aeronauta, e desobriga órgãos públicos de formalizarem contrato de trabalho com profissionais do setor.

Encerrada no início da madrugada desta quarta, a sessão teve início às 18h de terça-feira, com três horas de atraso, gerando criticas entre deputados.

Diante do horário avançado, oposição decidiu obstruir a análise da MP pelo fato de o texto ter sido discutido apenas a partir das 23h.

“Essa forma de votar não vai fazer bem à Casa”, disse o líder da oposição, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ).

Os parlamentares da base do governo Jair Bolsonaro queriam votar a MP na mesma sessão, sem adiar a análise do tema, mas decidiram ceder devido à falta de acordo.

Como declarar investimentos no IR?
Baixe de graça um ebook que explica como declarar seus investimentos (e quais são isentos) no Imposto de Renda:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.