Caixa muda sistema de pagamento do Seguro-Desemprego

Novo sistema deverá beneficiar trabalhadores com a redução do tempo de espera para receber o dinheiro a que têm direito

SÃO PAULO – A Caixa Econômica Federal divulgou, nesta sexta-feira, que a partir do dia 29 de abril mudará a forma de pagamento do Seguro-Desemprego. O objetivo é agilizar o processo de pagamento do benefício, evitando as longas filas de espera que os beneficiários são obrigados a enfrentar.

Como funcionará o novo sistema

Atualmente, para receber o benefício, o trabalhador deve esperar a liberação do dinheiro por parte do Ministério do Trabalho, para então receber o seguro através da Caixa. Acontece que o mesmo só é liberado pela Caixa na primeira segunda-feira posterior à sua liberação, por exemplo, se o trabalhador tivesse seu dinheiro liberado em uma terça-feira, então só poderia sacá-lo na segunda-feira seguinte, tendo que esperar quase uma semana para receber seu benefício.

Contudo, com a nova medida da Caixa esta situação deve mudar, visto que agora os pagamentos serão liberados rigorosamente a partir do 30º dia após a liberação do seguro pelo Ministério do Trabalho. Desta forma, assim que a ordem de pagamento chegar até a Caixa, o trabalhador poderá sacar o seu dinheiro no mesmo dia ou em qualquer dia da semana, sem ter que aguardar religiosamente pela segunda-feira, como vinha acontecendo.

Fim das filas de espera

Atualmente a Caixa atende cerca de 330 mil trabalhadores beneficiários por semana, sendo que cerca de 60% destes trabalhadores comparecem na agência às segundas e terças-feiras. Com isso, o atendimento das agências fica sempre congestionado durante o início da semana, prejudicando também os demais correntistas.

A nova sistemática deverá reduzir as longas filas de espera enfrentadas pelos trabalhadores. “Acreditamos que esta medida vai melhorar o atendimento desses trabalhadores e mais rapidez no pagamento desse benefício tão importante para milhares de pessoas que, por algum motivo, ficaram desempregadas”, diz o diretor de Transferência de Benefícios da Caixa, José Renato Correa de Lima.

PUBLICIDADE

No ano passado, a Caixa pagou 18,6 milhões de parcelas do Seguro-Desemprego, com uma média de 1,55 milhão de concessões mensais. Ao que tudo indica a média deste ano não deverá ser muito diferente, já que até o momento foram registradas mais de 4,7 milhões de parcelas pagas aos trabalhadores beneficiários. Para saber como funciona o pagamento e concessão deste benefício, clique aqui.