Caixa Econômica Federal reduz taxas de juros de financiamento

Melhoria dos indicadores econômicos foi o responsável pela redução, o que facilita acesso da população ao crédito

SÃO PAULO – A melhoria dos indicadores econômicos traz a redução das taxas de juros nas linhas de financiamento comercial da Caixa Econômica Federal. O objetivo da medida é facilitar o acesso da população ao crédito.

A partir da próxima segunda-feira (22), as taxas da modalidade de crédito para baixa renda passarão de 2% para 1,8% ao mês e o prazo de operação de Penhor para 180 dias.

Outras mudanças

Nas operações de antecipação de 13° salário, as taxas de 2,8% vão para 2,5% ao mês e de 2,84% chegarão a 2,55% ao mês, segundo os prazos e valores de cada linha. A medida vale a partir da próxima quinta-feira (18).

PUBLICIDADE

A taxa mínima praticada no Cheque Especial, a menor do mercado, cai de 1,85% para 1,47% ao mês, o que significa uma redução de 4,66 pontos percentuais ao ano, entrando em vigor a partir do dia 1º de novembro.

Mais reduções

As taxas de Crédito Pessoal Pré e Bens de Consumo Duráveis (BCD) serão reduzidas em mais de 1,57 ponto percentual ao ano, começando na segunda-feira (22). O limite máximo do crédito consignado também sofreu redução de 11,22 pontos percentuais ao ano.

No caso de pessoa jurídica, a menor taxa será reduzida de 2,44% para 2,38% ao mês, também a partir de segunda-feira (22).