RADAR INFOMONEY AO VIVO Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Privatização de refinarias da Petrobras é julgada pelo STF; entenda o que está em jogo

Cai tempo de processo seletivo nas empresas, revela pesquisa

Pesquisa da Catho Online revela ainda que o tempo do procedimento varia conforme cargo

SÃO PAULO – Para conquistar uma vaga no mercado de trabalho, os profissionais muitas vezes precisam passar por um longo processo seletivo, composto por testes psicológicos, dinâmicas de grupo, entrevistas com gestor de RH (Recursos Humanos) e com o gestor da área de atuação.

Porém, com o objetivo de reduzir os custos, tornando os processos de seleção mais eficientes, as empresas estão reduzindo o tempo desse procedimento. Dessa forma, a demora para concluir o processo de seleção passou de 2,7 semanas em 2007 para 2,4 semanas neste ano, segundo dados da pesquisa “A Contratação, a Demissão e a Carreira dos Executivos Brasileiros”, realizada pela Catho Online entre março e abril deste ano, com mais de 16 mil profissionais.

“Qualquer economia de tempo é fundamental para as empresas. A redução no tempo médio de um processo seletivo se deve, principalmente, à utilização da internet e de ferramentas online de recrutamento e seleção”, destacou o diretor de Marketing da Catho Online, Adriano Meirinho.

Processo seletivo por cargo

PUBLICIDADE

A pesquisa ainda constatou que o tempo dos processos seletivos também diminuiu para diferentes cargos entre os anos de 2007 e 2009. Por exemplo, para contratar um diretor, as empresas gastavam, em média, 3,4 semanas em 2007. Neste ano, é necessário menos tempo (2,9 semanas). Confira na tabela abaixo:

Tempo de duração do processo seletivo por cargos
Cargo20072009
Presidente, Gerente-geral3,4 semanas2,8 semanas
Vice-presidente3,1 semanas2,4 semanas
Diretor3,4 semanas2,9 semanas
Gerente3 semanas2,7 semanas
Supervisor2,8 semanas2,5 semanas
Profissional especializado2,9 semanas2,6 semanas

Fonte: Catho Online

Empregado x desempregado

Neste ano, a duração do processo seletivo variou conforme o fato do profissional estar empregado ou não. Os recém-formados empregados tiveram de passar por um processo seletivo de, em média, 3,3 semanas, enquanto que para os recém-formados sem emprego, o processo seletivo durou, em média, 3 semanas. Veja mais cargos na tabela abaixo:

Tempo do processo seletivo em semanas no ano de 2009
CargoDesempregadoEmpregado
Presidente-geral/Gerente-geral ou equivalente2,42,8
Vice-presidente22,7
Diretor2,83,2
Gerente2,63
Coordenador, Supervisor ou Chefe2,42,6
Profissional especializado2,42,8
Consultor independente2,22,3
Consultor de empresa de consultoria2,12,4
Professor universitário1,82,1
Trainee/ Recém-formado33,3
Estagiário2,12,6
Cargo operacional2,12,2
Cargo administrativo1,92,1
Outros2,12,4
Geral2,22,6

Fonte: Catho Online