Bolada

BTG Pactual pagou bônus médio de R$ 257 mil por funcionário em 2014

Como a média considera tanto funcionários em início de carreira, com remuneração menor, e diretores é razoável supor, portanto, que alguns deles receberam mais de R$ 1 milhão em bônus

SÃO PAULO – O banco de investimentos BTG Pactual de André Esteves distribuiu R$ 845 milhões de bônus no ano passado para seus 3.277 funcionários, partners e outros membros da hierarquia do grupo. Isso significa cerca de R$ 257 mil em média para cada um – praticamente metade do que o banco pagava dois anos atrás. 

Como a média considera tanto funcionários em início de carreira, com remuneração menor, e diretores é razoável supor, portanto, que alguns deles receberam mais de R$ 1 milhão em bônus. Os dados estão disponíveis no balanço do banco do quarto trimestre divulgado na última quarta-feira (26).

Enquanto os bônus caíram 11% frente à 2013, os salários e benefícios subiram 41% – para R$ 695 milhões. A política de remuneração do banco é agressiva, com bônus superando os pagamentos fixo. Também é possível supor quanto, em média, cada funcionário trouxe de lucro no ano passado. Contudo, o lucro líquido do banco cresceu nesse meio tempo, pulando de R$ 2,75 bilhões para R$ 3,41 bilhões. 

PUBLICIDADE