AO VIVO Saiba quando entrar e sair das operações na Bolsa

Saiba quando entrar e sair das operações na Bolsa

Brasil gera quase 15 milhões de empregos em oito anos

Norte é o destaque, com crescimento de 76,56% na geração de vagas, o que corresponde a um acréscimo de 992.642 postos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Brasil gerou, entre janeiro de 2003 e setembro de 2010, 14.725.039 postos de trabalho. É o que aponta um levantamento realizado pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e divulgado nesta sexta-feira (26), dia em que o ministério completa 80 anos de existência.

No período analisado, houve crescimento de 51,34% no nível de emprego, equivalente ao aumento médio anual de 5,5%, correspondendo a um incremento de 1,9 milhão de postos de trabalho ao ano.

“Essa média anual de geração de emprego é inédita na história do País. O resultado mostra expressiva melhoria na qualidade dos empregos gerados, que se traduziu no crescimento do grau de formalização de cerca de 45% em 2002 para 53,6% em 2009, sendo que, em 2007, pela primeira vez, a participação dos empregos formais superou a dos empregos informais”, declarou o secretário de Políticas Públicas de Emprego do MTE, Carlo Simi.

Aprenda a investir na bolsa

Região
Na análise por região, o Norte é o destaque, com crescimento de 76,56% na geração de vagas, o que corresponde a um acréscimo de 992.642 postos de trabalho. Em seguida, aparece o Nordeste, com alta de 59,52%, ou seja, 2.892.117 empregos formais.

Em relação ao setores, os dados apontam que todos elevaram o nível de emprego. Em termos percentuais, o maior aumento ocorreu no setor da Construção Civil: 122,58% (1.356.253 postos de trabalho).

Em números absolutos, o melhor resultado coube ao setor de Serviços, com 4.826.905 postos (52,57%), seguido do Comércio, com 3.158.937 postos (65,45%) e da Indústria de Transformação, com 2.751.586 postos (52,82%).