Brasil ganhou 1,8 milhão de novos empregos formais em 2008

Rais revela que País fechou o ano com 39,4 milhões de postos de trabalho, aumento de 4,88% frente ao ano anterior

SÃO PAULO – O Brasil criou 1,8 milhão de empregos formais em 2008, de acordo com dados da Rais (Relação Anual de Informações Sociais) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

No ano passado, eram 39,4 milhões de postos de trabalho com carteira assinada, o que representa um crescimento de 4,88% frente ao ano anterior.

Os setores que se destacaram na criação de empregos formais, em termos absolutos, em 2008, foram Serviços (+5,41% para 645,6 mil), o de Comércio (+7,06% para 483,2 mil) e a Construção Civil (+18,33% para 296,6 mil), que também se destaca em termos relativos, com alta de 18,33%.

PUBLICIDADE

Rendimento
O brasileiro passou a ter um rendimento real médio 3,52% maior em 2008, na comparação com 2007, como resultado dos aumentos nas remuneração recebidas tanto por homens (+3,62%) quanto pelas mulheres (+3,52%).

A Rais é um registro administrativo de responsabilidade do MTE, que tem como principal função informar sobre a movimentação dos trabalhadores no mercado brasileiro para, entre outras coisas, viabilizar políticas públicas voltadas aos empregados.

No registro, são contemplados todos os vínculos formais (celetistas, estatutários, temporários, avulsos e outros), como também um conjunto de informações sobre os estabelecimentos empregadores, que possibilitam o cruzamento de variáveis, chegando em nível de municípios (5.625), classe de atividades econômicas (674) e ocupações (2.432).