Brasil deve fechar 2005 com a geração de 1,250 milhão de empregos

Afirmação é do ministro Marinho, que comparou a geração de emprego nesta gestão com a do governo anterior

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O governo federal já estima o número de empregos gerados este ano no Brasil. O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, informou na última terça-feira (22) qual é a previsão do governo federal para a geração de novos empregos este ano: 1,25 milhão.

“Nós tivemos no ano passado, pelo Caged (Cadastro Geral de Empregos do ministério), um saldo positivo de 1 milhão e 523 mil. Este ano devemos ter um saldo positivo de 1 milhão e 250 mil, mais ou menos”, afirmou Marinho depois de participar de cerimônia do dia Nacional do Doador de Sangue, da Fundação Pró-sangue, do Estado de São Paulo.

Otimismo

O ministro também destacou que, neste ano, foram criados cerca de 108 mil novos empregos a cada mês, e fez uma comparação com os números do último governo, que teria gerado 8.312 postos de trabalho ao mês.

Aprenda a investir na bolsa

Para 2006, a expectativa é de que a geração de empregos seja similiar ao resultado de 2004. Segundo Marinho, a projeção de crescimento para o próximo ano maior que em 2005 se deve ao momento pelo qual o País está passando, de redução dos juros. As informações são da Agência Brasil.