AO VIVO Do Zero Ao Gain: André Moraes fala sobre teoria de Dow, conceito de tendência e médias móveis

Do Zero Ao Gain: André Moraes fala sobre teoria de Dow, conceito de tendência e médias móveis

Brasil coloca 40 empresas no ranking das 100 Melhores Empresas para Trabalhar

A lista, divulgada pelo <i>Great Place to Work® Institute</i>, inclui as melhores companhias em nove países da América Latina

SÃO PAULO – O Brasil está presente 40 vezes no ranking das 100 melhores empresas para trabalhar na América Latina, divulgado na última terça-feira (30), pelo Great Place to Work® Institute, na Conferência Latino-Americana.

De acordo com o presidente do Instituto, José Tolovi Jr, “a lista é um reconhecimento às empresas que se destacam em seu país e também no conjunto de empresas do continente”.

As 10 mais

Do total de 1.183 empresas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, Uruguai e Venezuela, dez delas foram citadas em mais de 4 listas. Destaque para o Mc Donald´s, que aparece na lista de seis dos nove países participantes.

PUBLICIDADE

Microsoft, Productos Roche, Federal Express, com cinco aparições, e Alcoa, Basf, 3m, Diageo, Procter & Gamble e S.C. Johnson & Son, em 4 listas, completam o ranking das 10 empresas citadas por mais de quatro países.

Os top 5 do ambiente de trabalho

Além do ranking das 100 melhores empresas, o estudo avalia, também, cinco quesitos básicos para o bom relacionamento no ambiente de trabalho: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem.

Neste ranking, o Brasil aparece com duas ótimas colocações. Um primeiro lugar para a Todeschini, no quesito Credibilidade, e uma segunda colocação para a Móveis Gazin, em Camaradagem. Confira tabela completa dos melhores colocados em cada avaliação:






























CredibilidadeTodeschini/BrasilKimblerly Clark
Peru
BanChile Corretores/Chile
RespeitoAlcoa/ChileDuPont
Argentina
Sofasa/Colômbia
ImparcialidadeProfuturo AFP/PeruMerck Sharp & Dohme/ChileScotiabank Inverlat/México
OrgulhoAlmacenes Éxito/ColômbiaWyeth/MéxicoCoca-cola/Chile
CamaradagemFinanceira Compartamos
México
Móveis Gazin
Brasil
Interbank/Peru

Presença Feminina

De acordo com o levantamento, a presença das mulheres em cargos executivos das organizações vem evoluindo. “Empresas com melhores práticas em gestão de pessoas valorizam a diversidade e buscam o equilíbrio entre os sexos”, aponta Tolovi Jr.

Para ele, “igualdade de oportunidades e tratamento são práticas comuns entre as Melhores Empresas, pois homens e mulheres têm um estilo de administrar que se completa”.

O estudo ouviu 420 mil funcionários dos nove países. O Brasil teve a maior quantidade de empresas inscritas (485), seguido por México (224) e Chile (172). Manufatura e Produção (381), Finanças (166) e TI (95).