[Braduni] Vai receber 13º salário pela primeira vez? Planeje o que fazer com a grana extra

É importante você conhecer melhor como acontece o pagamento do 13º salário e organizar suas finanças para aproveitá-lo ao máximo

Aprenda a investir na bolsa

Contratado recentemente, pela primeira vez você vai receber o décimo terceiro salário. Uma graninha extra vem sempre bem, certo? Mas, para tirar melhor proveito da oportunidade, a dica é planejar o que fazer com o dinheiro um pouco antes.

Como ele é calculado?

Primeiro, é importante você conhecer melhor como acontece o pagamento do 13º salário, conhecido também como “gratificação de Natal”. O valor é calculado da seguinte forma: a fração igual ou superior a 15 dias a contar do mês de admissão equivale a 1/12 do benefício.

Que tal um exemplo? Quem começa a trabalhar no dia 20 de outubro só começa a ter direito ao pagamento proporcional do décimo terceiro em novembro, a partir do dia 03, quando os 15 dias são completados. Mais um: se você inicia no emprego no dia 01/03, tem direito ao 13º a partir do dia 01/04. E quanto receberia? A quantia correspondente a 9/12, ou seja, aos nove meses trabalhados no ano.

Como ocorre o pagamento?

Aprenda a investir na bolsa

O adiantamento da 1ª parcela, correspondente à metade da remuneração devida ao empregado no mês anterior, sem descontos, deve ser paga entre os meses de fevereiro até o último dia do mês de novembro. Portanto, dia 30 de novembro é a data limite!

Há ainda a possibilidade de solicitar o recebimento desta parcela por ocasião de suas férias. No entanto, para isso é necessário fazer a solicitação já no mês de janeiro do ano correspondente.

A 2ª parcela deve ser quitada até o dia 20 de dezembro, tendo como base de cálculo a remuneração deste mês, descontado o adiantamento da primeira parcela. Atenção: há aqui também as deduções devidas ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), assim como a retenção do Imposto de Renda na Fonte (IRRF), se o valor ficar acima do limite de isenção da tabela. Por isso, já espere um valor menor na segunda parcela!

O que fazer com o dinheiro?

O ideal é que você trate essa quantia realmente como uma graninha extra que vem em boa hora e, por isso, merece atenção especial.

Antes de qualquer decisão, procure colocar ordem em seu orçamento para traçar um panorama bastante realista de suas finanças. Assim ficará mais fácil decidir o que fazer.

A opção, sem qualquer dúvida, é tentar regularizar suas contas com o décimo terceiro, quitando algumas dívidas. Caso a situação esteja realmente complicada, o dinheiro pode ajudar a amenizar este quadro, e lhe dará condições de negociar melhor a forma de saldar seus compromissos.

PUBLICIDADE

Agora, se você analisar seu orçamento e perceber um cenário favorável, no qual tem conseguido conciliar bem as receitas e despesas, parabéns! Você começou cedo a organizar suas finanças e isso é bastante positivo!

Sendo assim, você tem dois caminhos: premiar-se dedicando o dinheiro a realizar algum sonho de consumo, ou partir para o mais indicado… Novamente planejar.

Que tal começar a juntar um dinheirinho? Talvez este seja o impulso que você precisava para se sentir motivado a poupar para a realização de um objetivo mais ousado, como uma viagem ao exterior ou a compra do seu primeiro carro. O que lhe parece ainda distante de alcançar pode sim acontecer, desde que se programe para isso e vigie seus hábitos de consumo.

De olho no futuro

Naturalmente, o esforço nesta etapa da vida não é nada fácil: é necessário muito jogo de cintura para conquistar seu espaço no mercado de trabalho, pagar faculdade, lutar por sua independência e planejar seu futuro!

No entanto, tenha sempre em mente que se trata de algo difícil, mas não impossível. Adotando alguns hábitos e aproveitando oportunidades como essa, você poderá dar importantes passos nesta trajetória.

Que tal, por exemplo, dedicar a quantia do 13º salário, ou parte dela, para iniciar um plano de previdência? Dessa forma você estará assumindo um compromisso de poupar. Quanto antes você começar, melhor!