Natal e férias: emprego temporário pode ser a saída

Diversos lugares já estão oferecendo vagas de empregos temporários, o que garante uma renda a mais para o próximo ano

A temporada dos trabalhos temporários já chegou. E para quem está desempregado no momento, esta é uma grande oportunidade de garantir uma renda extra, que poderá ajudar a pagar a matrícula da faculdade do próximo ano, os presentes de Natal ou a viagem das férias.

Shopping centers

Por conta do aumento das vendas causado pelo fim de ano, a grande maioria das lojas dos shoppings e comércio de rua contrata funcionários extras, entre vendedores, caixas, estoquistas e gerentes. Isso sem falar nos bares e restaurantes, embalados pelas confraternizações das empresas no fim do ano.

PUBLICIDADE

E, para não perder nenhuma chance, é preciso se candidatar às vagas o quanto antes. Por isso, capriche no visual e no seu currículo, visitando os estabelecimentos que se encaixam no seu perfil. Prefira ainda falar diretamente com o gerente ou dono da loja.

Outro dado importante: você sabia que muitas pessoas conquistam uma vaga de emprego fixo nesta época do ano? Mostrando um bom trabalho durante a vigência do contrato temporário, você pode, depois, ser efetivado, dependendo dos resultados obtidos pelo comércio e também das metas da loja para 2007.

Empregos

O número de vagas temporárias no final do ano nas lojas de shoppings deve ter 6% de aumento em relação ao ano anterior, quando 80 mil pessoas foram contratadas. Com isso, devem ser 85 mil vagas.

São Paulo deve ser o Estado com mais pessoas incorporando a força de trabalho. Segundo a Alshop (Associação Brasileira dos Lojistas do Shopping), são 32% na região, contra 15% no Rio de Janeiro; 11% no Rio Grande do Sul, 8% em Minas Gerais, 7% no Paraná, 5% em Santa Catarina e na Bahia, 4% em Pernambuco e 13% nos demais Estados.

“Dependendo do segmento, e certamente de sua capacidade e talento, um trabalhador temporário pode ganhar de R$ 500 e R$ 2,5 mil”, garante o presidente da entidade, Nabil Sahyoun. Aproximadamente 25% do pessoal contratado no período passa a fazer parte do quadro fixo das empresas contratantes.

Outras oportunidades

Além do comércio em geral, outros locais oferecem vagas temporárias nesta época do ano por conta das férias, como os parques de diversões, aquáticos e temáticos. Para concorrer, entre no site da empresa e cadastre seu currículo ou ligue para a área de recursos humanos para saber se há postos de trabalho temporários.

Outra opção é tentar conseguir uma vaga como guia turístico ou intérprete no exterior. Isso porque muitas empresas que realizam viagens para a Disney ou estações de esqui, por exemplo, contratam mão-de-obra extra para as épocas de alta temporada.

Por fim, quem tiver aptidão para os estudos pode tentar dar aulas particulares, aproveitando que muitas crianças e adolescentes ficam de recuperação na escola.

Programe-se!

Caso tenha perdido a oportunidade ou ache tarde demais para pensar nisso agora, programe-se para entrar nessa onda numa próxima temporada. Durante todo o ano você pode encontrar maneiras alternativas de garantir uma graninha extra: produzindo ovos de chocolate na Páscoa, bombons e cestas caprichadas para o Dia dos Namorados, ou mesmo se preparando para as férias de julho.

Parece longe? De forma alguma! O objetivo é se programar para batalhar uma forcinha a mais no seu orçamento. Afinal, todo mundo quer começar um novo ano com o pé direito e com suas contas em dia, certo?