[BRADESCOPJ] Como negociar salários com meus empregados?

Procure listar cada cargo e o respectivo salário. Identifique, caso a caso, quais as tarefas desenvolvidas e o grau de dificuldade de cada uma delas.

arrow_forwardMais sobre

Dono de um pequeno empreendimento, você contratou alguns funcionários para dar um impulso à sua produção. Embora tenha sonhado muito com isso, não poderia imaginar que o crescimento viesse tão rápido. Agora sua equipe está maior, com pessoas exercendo diferentes funções e, algumas delas, descontentes com seus salários. Como proceder?

O primeiro ponto é verificar se as reivindicações têm fundamento ou não. E, para isso, você precisa se inteirar melhor do processo de remuneração da sua empresa, o que envolve observação e análise. Para isso, talvez você prefira contar com apoio especializado.

Descrições de cargos
Procure listar cada cargo e o respectivo salário. Identifique, caso a caso, quais as tarefas desenvolvidas e o grau de dificuldade de cada uma delas.

PUBLICIDADE

Para funções teoricamente iguais, certifique-se de que realmente não existe diferença entre ambas. Vale uma análise mais detalhada da atividade e até mesmo uma conversa com cada representante desta função. Este processo, bastante resumido aqui, refere-se à elaboração de descrições de cargos.

Com base nisso, você tem condições de avaliar agora, com maior fundamento, o que cada um faz, especificamente, e como é remunerado para isso.

Leve em consideração ainda o desempenho de cada funcionário e há quanto tempo trabalha com você. Isto serve para que verifique se realmente o profissional tem crescido o suficiente e se desempenha funções de acordo com sua expectativa inicial.

Procure fazer um escalonamento de cargos: coloque-os numa ordem de salário e de complexidade de função. Ficará mais fácil visualizar, desta forma, qualquer incoerência.

Pesquisa de mercado
Este é um fator muito importante, e que poderá ser usado por seus funcionários durante uma negociação. Por isso, procure saber qual a remuneração paga por empresas semelhantes à sua. Neste caso, como mencionamos acima, será interessante um apoio extra, do Sebrae ou de uma consultoria, por exemplo.

Identifique seus talentos: de olho em sua equipe, verifique quem são as pessoas-chave para você, aquelas que lhe proporcionam segurança e que têm crescido com sua empresa. Saiba valorizá-los devidamente nesta negociação.

PUBLICIDADE

Com todos estes elementos em mãos, você terá condições de tomar a melhor decisão. Em alguns casos, o aumento pleiteado nem é tão grande mas, caso não seja considerado a tempo, pode levar sua equipe a um descontentamento desnecessário.

De olho no futuro
Por este motivo, vale o alerta de estar em dia com todo este processo, fazendo um acompanhamento periódico da situação.

Ouça as reivindicações e, mesmo com todos os elementos em mãos, não tome nenhuma decisão precipitada. Analise caso a caso, compare as solicitações com tudo o que você conseguiu apurar e somente então decida como proceder.

Lembre-se que o mais importante, neste processo de negociação, é fazê-lo com base em informações sólidas. Isto lhe garante uma melhor estruturação, para que sua equipe possa crescer de forma organizada no futuro.