Bom ambiente de trabalho é cada vez mais valorizado; como identificá-lo?

Segundo diretor do Hay Group, profissionais podem usar quatro pilares para identificar a eficiência na gestão do clima na empresa

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A análise de uma empresa eficiente na gestão do ambiente de trabalho deve levar em conta quatro pilares. De acordo com o diretor-executivo do Hay Group, Vicente Gomes, o primeiro deles é a eficácia da empresa. Isso significa perceber qual a opinião dos colaboradores em relação à liderança, cultura de inovação, reputação externa e à gestão de talento.

Os profissionais ainda devem analisar o suporte que a empresa dá para atingir esta eficácia, o que representa o segundo pilar. “A eficácia se dá por meio da qualidade da liderança, da cooperação no ambiente. Analise se a empresa fornece os recursos para fazer o trabalho e se possibilita aos profissionais ter autonomia”, explica Gomes.

O terceiro pilar é a justiça: se a empresa possibilita que o funcionário tenha qualidade de vida, se há um equilíbrio na carga de trabalho e se existe uma boa política de reconhecimento e remuneração. O quarto e último pilar é aquele que mostra o comprometimento do funcionário. “Ele recomenda a outros a empresa em que trabalha?”, indaga.

Como identificar um bom ambiente

Aprenda a investir na bolsa

De acordo com Gomes, uma forma de identificar como a empresa trata o ambiente de trabalho é por meio de premiações que consideram uma gestão eficaz. Outra maneira é por meio de fontes de informação como a internet, que contém diversas informações sobre as companhias, além de redes de relacionamento.

Ele disse que, nos Estados Unidos, existe uma rede de relacionamentos na internet, bastante acessada, em que profissionais de várias empresas colocam a opinião em relação à companhia e aos líderes. “Aqui no Brasil não há nada neste sentido”, afirma.

Ainda é possível identificar por meio do networking, ou de colegas de profissão que trabalham na companhia. Neste caso, vale o alerta: “tem que discernir de quem pede a opinião, porque se a pessoa não valoriza o mesmo que você, pode ser que tenha uma visão equivocada da que você teria da empresa”, explica.

Valorização do ambiente

Identificar os pilares se torna necessário para quem não procura emprego somente pela remuneração, o que vem acontecendo com mais intensidade no Brasil. “A reputação, o papel social da empresa e a possibilidade de crescimento na carreira são fatores que pesam”.

Isto acontece com mais intensidade, de acordo com Gomes, entre os mais jovens, que analisam mais as chances de desenvolvimento do que a remuneração. “Quando vão percorrendo a carreira, a importância do salário vai ganhando mais peso”.

Resultado das empresas

Conforme disse Gomes, as grandes empresas nacionais e internacionais já perceberam a importância de um bom ambiente de trabalho para a produtividade. “70% dos resultados dos negócios são influenciados por uma boa gestão do clima organizacional”.

PUBLICIDADE

Para alcançar este aspecto, o diretor sugere o investimento em líderes com visão de futuro e de mundo, que saibam trazer as inovações para o ambiente corporativo. “Uma liderança diferenciada”.