Banco Central: 55% dos trabalhadores brasileiros recebem salário em dinheiro

Além disso, outros 29% têm a remuneração mensal depositada em uma conta, mas sacam tudo nos caixas eletrônicos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Levantamento realizado pelo Banco Central com 654 brasileiros economicamente ativos revela que 55% dos trabalhadores recebem seus salários em dinheiro. Além disso, outros 29% têm a remuneração mensal depositada em uma conta, mas sacam tudo nos caixas eletrônicos.

Por sua vez, 5% dos brasileiros recebem por meio de depósito bancário, mas sacam o dinheiro nos caixas das agências, e 3% têm acesso à remuneração por meio de cheques, também sacados diretamente nos caixas das agências.

Outras formas

Ainda segundo o BC, apenas 1% dos entrevistados recebe por meio de outras formas de pagamento e os 6% restantes estavam desempregados, portanto, não possuíam remuneração mensal.

Aprenda a investir na bolsa

Cabe lembrar que a população economicamente ativa é composta por pessoas desocupadas, mas dispostas a trabalhar (desempregados) e trabalhadores ocupados, sejam empregados (registrados ou não), autônomos, empregadores ou não-remunerados.

Dinheiro em circulação

E, apesar do crescimento dos cartões (de crédito, débito etc), a quantidade de dinheiro circulando no País é cada vez maior. De acordo com o Banco Central, o número total de cédulas circulantes aumentou 7,69% entre 1° de janeiro de 2007 e de 2008.

Já a quantidade de moedas (excluindo-se as comemorativas) disponíveis no Brasil cresceu 9,18% no período. E no primeiro dia deste ano, o maior número de notas circulantes era de R$ 50 e o menor, de R$ 10 (plástica).

Meio circulante nacional – cédulas
DenominaçãoQuantidadeValor (R$)
R$ 1283.450.108283.450.108
R$ 2593.475.8201.186.951.640
R$ 5350.451.0161.752.255.080
R$ 10804.946.0988.049.460.980
R$ 10 (plástico)28.878.103288.781.030
R$ 20529.793.51410.595.870.280
R$ 501.372.272.59268.613.629.600
R$ 10097.589.0569.758.905.600

Fonte: Banco Central