Autônomo: veja como aumentar o preço do serviço, mas sem espantar clientes!

Profissional deve, em primeiro lugar, saber quando aumentar e justificar a atitude. Saiba se comunicar e boa sorte!

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Quando você solicita um serviço e vai a outro lugar e vê que estava mais barato, não fica revoltado ou com peso na consciência? Pois então, quem é autônomo também deve pensar nesta atitude quando diz respeito a seus clientes.

E é por isso que, quando aumentar o preço de seus serviços, o autônomo deve fazer de tudo para não espantar seus clientes. Mas você sabe como fazer isso?

Quando aumentar o preço?

Segundo pesquisa realizada pela professora Verônica Feder Mayer, a alta de preços é injusta para 87% dos consumidores entrevistados. Por isso, antes de elevar o valor, o autônomo deve conhecer as situações adequadas e quando o fato pode gerar conflito com o consumidor.

PUBLICIDADE

Aliás, existem situações na economia que pedem que o preço aumente, como o aumento nos valores de determinadas matérias primas ou a escassez de um serviço ou produto. No entanto, estes fatos não devem ser justificativas para aumentos escandalosos.

Justifique

Antes de tomar esta atitude com relação ao consumidor, o autônomo deve avaliar os fatores justificáveis que são de percepção do consumidor: houve melhora no serviço ou aumento dos benefícios? O aumento foi acima da inflação do período? O concorrente aumentou o preço?

Isso tudo significa que você não deve somente elevar o preço, o que simplesmente fará com que seu cliente opte pelo concorrente. Caso você não siga esta regra, haverá o aumento de preços com potencial de conflito negativo, ou seja, quando o objetivo é obter mais lucro.

Sua imagem é boa?

Você deve cuidar da imagem ruim ou desgastada para que a satisfação do consumidor seja alta. Caso o cliente não esteja satisfeito com o produto, seria considerado um “suicídio” aumentar os preços.

Isso porque, além de ele não gostar do que está recebendo, ainda terá que pagar mais caro por isso. Nesta situação, fica óbvio que ele irá para o concorrente. Por isso, sempre peça sugestões e esteja aberto a críticas, antes de pensar no aumento.

Se comunique!

Para quem precisa elevar os preços do serviço, é necessária uma comunicação direta com o cliente. Segundo a pesquisadora, as “pessoas relataram que gostariam de receber uma comunicação detalhada e acreditável sobre o aumento de preços”.

Antes de aumentar, faça pesquisas em meio a um atendimento. Caso as pessoas estejam satisfeitas com a qualidade do serviço, podem considerar que o aumento de preços foi justo. Existem pessoas que pagam mais por um serviço mais aprimorado ou um produto de melhor qualidade.

Além disso, mantenha um bom relacionamento com o cliente, porque profissionais autônomos com boa reputação recebem o “benefício da dúvida”, já que muitos consumidores preferem pagar mais a arriscar.