entrevista de emprego

As perguntas mais “sem noção” feitas em entrevistas de emprego

Na dúvida, especialistas aconselham fazer questões simples

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Entrevistas de emprego, geralmente, são situações tensas para os candidatos, que não sabem quais perguntas os recrutadores vão fazer. Algumas delas, fazem sentido, outras, porém, nem tanto.

Apesar de tentarem mostrar características específicas dos candidatos, algumas perguntas complexas muito utilizadas em processos seletivos não fazem efeito, afirmam especialistas. “Em vez de encontrar os melhores candidatos, o recrutador encontra pessoas que sabem se vender em entrevistas de emprego”, ressaltou a presidente da consultoria Carrer Strategies, Prsicilla Claman, ao site CNBC.

Na dúvida, Claman aconselha fazer questões simples, como querer saber mais sobre o profissional, os motivos de ter buscado a empresa, quais os planos para o futuro, entre outras.

Aprenda a investir na bolsa

Pega mal
Pensando nisso, o site elaborou algumas das perguntas mais “estúpidas” que os recrutadores podem fazer em uma entrevista de emprego. Confira:

– Qual é sua maior fraqueza?
Perguntas do gênero não dão o resultado esperado. De acordo com os pesquisadores, essa é uma pergunta tipicamente treinada pelos candidatos, que já sabem dizer, ao pé da letra, o que os empregadores querem ouvir. Para fugir dela, eles aconselham sugerir ao candidato lhe contar alguma situação em que passou na vida profissional que teve de demonstrar liderança, por exemplo.

– Quantas latas de lixo você acha que existem em Nova York?
Nos últimos anos, candidatos foram inundados com questões de lógicas excêntricas. “Estas perguntas objetivam mostrar o raciocínio da pessoa, mas as respostas são muito subjetivas para lhe dar uma ideia de como a pessoa pensa”, disse Prsicilla Claman. “Elas também trabalham contra as pessoas que simplesmente não veem lógica na pergunta.”

– Me diga três objetos que você levaria para uma ilha deserta
Perguntas relacionadas às escolhas pessoais, como “com qual celebridade você gostaria de jantar?”, podem dar uma boa noção dos gostos pessoais do candidato – mas isso não é fundamental para contratá-lo ou não. Essa pergunta também pode pesar contra o candidato, se ele tem uma incompatibilidade pessoal com o recrutador, como, ele torcer para o time adversário.

– Você planeja ter filhos?
Como já foi dito, perguntas pessoais não são as melhores questões a serem abordadas em entrevistas de emprego. Também estão vetadas perguntas sobre relacionamentos, como a orientação sexual do candidato, se ele é casado ou se está noivo.