Recém-formados

As lições que você precisa saber sobre o mercado de trabalho

Renovar a perspectiva sobre seu emprego pode ser o que você precisa para se sentir mais satisfeito

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O primeiro ano após a graduação é um período de incertezas e inseguranças porque o mercado de trabalho está cada vez mais concorrido e a falta de experiência faz com que o jovem se sinta em desvantagem em relação aos outros. No entanto, esta fase, embora difícil, deve ser superada sem muito estresse e drama. Para passar por cima desta insegurança, oferecemos alguns conselhos:

1. É possível conseguir um emprego e um bom: sabemos que a concorrência é grande e etc, porém, você tem que pensar que você está saindo da faculdade. Estudou no mínimo 4 anos para trabalhar em uma área. Por isso, você tem todo o conhecimento necessário, não tem por que não conseguir um trabalho. E um bom trabalho!

2. Esteja aberto: se você se abre a novas oportunidades e a novas ideias, você pode descobrir sua paixão em algo que você achava que nunca ia gostar. Por isso, não recuse uma oportunidade se ela não for exatamente na área do seu curso que você quer seguir. Talvez ela seja seu emprego ideal.

Aprenda a investir na bolsa

3. Não espere pela oportunidade perfeita: é claro que é bonito trabalhar na empresa mais famosa do seu ramo. No entanto, as coisas nem sempre funcionam como planejamos. Ficar parado recusando propostas porque você não encontrou o “emprego perfeito” é uma grande perca de tempo e um sinal claro de imaturidade, o que evidencia, portanto, que você não está preparado para assumir um cargo em uma empresa muito grande.

4. Morar com os pais não é tão ruim assim: pode parecer desanimador ter que continuar na casa dos pais ou voltar a viver com eles depois da faculdade, mas pensa que poderia ser pior. Você ia querer ter todos os gastos de uma vida sozinho? Acredito que não. Pelo menos para sua conta bancária será bem vantajoso.

5. Não perca contato com seus amigos: seus amigos são companheiros, você precisa deles. Para se divertir, para escutarem seus problemas, para discutir sobre trabalho. Jamais perca contato com eles, pois, se não, sua vida estará triste e você estará reduzindo sua rede de contatos, algo extremamente desvantajoso para o seu networking e sua carreira.

6. Compareça às confraternizações: como você já deve saber, networking é muito importante. Quem sabe nesses eventos você conhece alguém ou retoma contato com alguém e essa pessoa oferece uma oportunidade ideal para você? Isso é perfeitamente possível. Não recuse essas oportunidades.

7. Economias: se você mal pode esperar para ter seu próprio imóvel e, finalmente, deixar a casa dos seus pais, comece a economizar já. Afinal, as contas vão apertar e você vai ter que ter bastante dinheiro sobrando.

8. Esteja sempre procurando por emprego: mesmo que você esteja contente no seu emprego atual, nunca se sabe o que te espera. É bom estar sempre procurando novas oportunidades ou, pelo menos, se inteirando do que o mercado está oferecendo.

PUBLICIDADE

9. Encontre um mentor: você deve estar pensando: “como assim? Eu ser um mentor? Eu acabei de começar!” Só porque você é jovem, não quer dizer que você não tem nada para oferecer. Você irá provavelmente trabalhar em uma empresa com pessoas mais velhas que você, as quais nem sempre entender de mídias sociais, tecnologia e outras possíveis habilidades que você possa ter. A melhor maneira de aprender é ensinando.

10. Divirta-se: é muito fácil se perceber no final do dia querendo se isolar de tudo e de todos, chegar a casa e dar espaço à depressão e a outros estados de personalidade negativos. Não se permita chegar neste estado. Divirta-se, saia com seus amigos, aproveite a vida e lembre-se de que trabalho é só uma parte da sua vida, não equivale a ela inteiramente.

Veja mais matérias de Carreiras no Universia.