As empresas dos sonhos dos jovens: pesquisa mostra quais são elas

Nada menos que 2.650 escolheram a Petrobras como a empresa dos sonhos, por conta do salário e dos benefícios

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Petrobras é a empresa mais almejada pelos jovens brasileiros. Isso é o que revela a pesquisa “Empresa dos sonhos dos jovens”, realizada pela Cia. de Talentos, empresa do Grupo DMRH, junto a 27.661 jovens entre 18 e 25 anos, entre maio e junho deste ano.

Dentre eles, nada menos que 2.650 escolheram a Petrobras como a empresa dos sonhos. Setenta e nove por cento deles o fizeram por conta do salário e dos benefícios serem adequados ao cargo.

Em segundo lugar, aparece o Google, com 1.803 votos – 67% afirmaram que o voto se deve à qualidade de vida e outros 59%, ao salário e aos benefícios.

Mais empresas dos sonhos

Aprenda a investir na bolsa

A Unilever aparece em terceiro lugar, com 1.543 dos jovens optando pela organização, 74% deles porque vislumbram o crescimento profissional oferecido pela companhia e 71% porque acreditam que ela possui salário e benefícios adequados ao cargo exigido.

A Vale ocupa a quarta posição, com 1406 votos. Os motivos que os levaram à escolha foram: crescimento profissional (72%), salário e benefícios adequados ao cargo (68%) e apoio a cursos de idiomas e pós-graduação (57%).

Depois aparecem as seguintes empresas, nesta ordem: Natura, Nestlé, Microsoft, IBM, Rede Globo e Itaú.

Fontes de informações

Entre as fontes de informações mais importantes para a escolha de uma determinada empresa, os meios de comunicação e a divulgação informal se destacaram, com 47% e 45%, respectivamente.

Apenas 12% dos jovens afirmaram ter se interessado por determinada empresa porque assistiram a alguma palestra dela, o que indica a necessidade de uma maior integração entre a iniciativa privada e as universidades nacionais.

A pesquisa apurou também os motivos que levam os jovens a ficarem nas empresas. Confira:

  • Salário e benefícios adequados ao cargo exercido: 86%;
  • PUBLICIDADE

  • Crescimento profissional: 84%;
  • Qualidade de vida: 76%;
  • Apoio a cursos de idiomas/pós-graduação e treinamentos: 66%;
  • Boa infra-estrutura: 65%;
  • Projetos desafiadores: 60%;
  • Escuta seus profissionais: 51%;
  • Boa imagem no mercado de trabalho: 49%;
  • Ambiente de trabalho sem excesso de pressão e com pessoas: 49%;
  • PUBLICIDADE

  • Comunicação clara e eficiente entre as áreas da empresa: 41%;
  • Apoio às atividades de responsabilidade social: 37%;
  • Carreira internacional: 33%;
  • Flexibilidade de horário: 31%;
  • Rotatividade pelas diferentes áreas da empresa: 21%.