Educação

As 25 instituições de ensino superior recebem nota máxima no MEC

Das 2.020 instituições de ensino superior avaliadas, 354 foram reprovadas

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União da última quinta-feira (18) a avaliação de 2.020 instituições de ensino superior.

Do total, somente 25 universidades receberam nota máxima no Índice Geral de Cursos (5), o que equivale a 1,2% das instituições, enquanto 354 instituições tiveram desempenho insuficiente (notas 1 e 2), equivalente a 17,5% das avaliadas.

O destaque das melhores universidades vai para a FGV, que aparece na lista com suas escolas de administração pública e de empresas, de economia e finanças, de economia em São Paulo e de Ciências Sociais, além das oito universidades federais que estão na lista.

PUBLICIDADE

Confira abaixo o ranking:

  • Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV)
  • Escola Brasileira de Economia e Finanças (FGV)
  • Escola Brasileira de Economia de São Paulo (FGV)
  • Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho
  • Escola Superior de Administração e Gestão da Baixada Santista
  • Escola Superior de Ciências Sociais (FGV)
  • Escola Superior de Ensino Anísio Teixeira
  • Faculdade de Administração de Empresas
  • Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa São Paulo
  • Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic
  • Faculdade de Tecnologia de Ourinhos
  • Faculdade Fucape
  • Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia
  • Fundação Universidade Federal de Viçosa
  • Fundação Universidade Federal do ABC
  • Insper Instituto de Ensino e Pesquisa
  • Instituto Militar de Engenharia
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica
  • Universidade Estadual de Campinas
  • Universidade Federal de Lavras
  • Universidade Federal de Minas Gerais
  • Universidade Federal de Santa Catarina
  • Universidade Federal de São Carlos
  • Universidade Federal de São Paulo
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Metodologia
O indicador é construído com base em uma média ponderada das notas dos cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino e é determinante para a abertura de novos cursos e manutenção ou fechamento dos que já existem. As avaliação são distribuídas em uma escala de 1 a 5, em que 1 e 2 são conceitos insatisfatórios, 3 e 4 são razoáveis e 5 é bom.