Mercado

Área administrativa contratou 43% dos temporários no 1º trimestre

Chegada de megaeventos esportivos no País aumentou a busca por temporários nos primeiros três meses do ano

SÃO PAULO – A área administrativa foi responsável por 43% do total de contratações de profissionais temporários no primeiro trimestre de 2013, apontou um levantamento da Page Interim, empresa especializada em recrutamento de profissionais temporários.

Segundo o estudo, o volume de contratações cresceu 35% nos primeiros três meses do ano, em relação ao mesmo período do ano anterior. As áreas industrial e de petróleo e gás representaram 32% e 25%, respectivamente.

Para o gerente regional da Page Interim no Rio de Janeiro, Pedro Salles, este crescimento se deve ao reaquecimento da economia nacional e a chegada de megaeventos esportivos. “O aumento na área de suporte se deve à retomada da economia. O mercado voltou a crescer, mas as empresas ainda não têm certeza se esse crescimento será consistente e real, então acabam optando pela contratação temporária esperando a retomada do mercado”, observa.

PUBLICIDADE

Cargos com maiores demandas
Ainda de acordo com a pesquisa, os cargos de Analista Financeiro, de Recursos Humanos e de Marketing tiveram as maiores procuras no trimestre. A lista segue com Auxiliar Administrativo, Secretária Executiva e Recepcionista.

“O aumento das demandas de vagas temporárias nos níveis de analistas e assistentes se deve ao receio que as empresas ainda tem quando olham para a retomada do mercado no Brasil”, disse o gerente.

Ele diz também que muitas empresas ainda estão reticentes se este movimento será consistente no curto prazo e assim preferem contratar profissionais temporários para “esperarem” uma resposta mais precisa da economia local. “Já o acréscimo da demanda por recepcionistas e secretárias está ligado à alta rotatividade dessas posições, o que faz aumentar as posições para temporários e terceirizados”, observou Salles.