Pesquisa

Apenas 11% procuram emprego por meio de indicação de amigos

Na hora de procurar emprego, a maioria prefere recorrer à internet

SÃO PAULO – Um levantamento realizado pela Trabalhando.com revelou que apenas 11% dos profissionais no momento de procurar emprego pedem indicação aos amigos. A maioria (78%) procura emprego na internet.

Pelos dados, 53% buscam uma oportunidade através de portais de emprego especializados, enquanto 25% utilizam as redes sociais para encontrar um trabalho. Outros 11% disseram que buscam por meio dos jornais.

Apesar da procura ser maior na web, apenas 13% afirmaram que já obtiveram resultados, enquanto 20% nunca obtiveram resposta se candidatando por meio das redes.

PUBLICIDADE

Para o diretor-geral da Trabalhando.com, Caio Infante, buscar emprego pela internet é o jeito mais eficaz e rápido de buscar uma oportunidade. Entretanto, isso não deve ser feito de qualquer jeito, pois existe uma maneira correta de fazer isso. Ao se inscrever no portal de empregos é importante entender qual é o padrão desse portal, muitas vezes um currículo inscrito fora do formato ideal não é detectado pelo filtro e nessa o profissional acaba perdendo a oportunidade. 

Além disso, é importante que o candidato fique atento com a sua postura nas redes sociais. “Se a pessoa está utilizando as redes sociais para procurar emprego, é muito provável que as empresas que publicam suas vagas lá confiram os perfis dos candidatos, por isso é importante ter cuidado com suas fotos postadas, comentários e outras publicações.”