Animal no escritório: com bom senso, prática aumenta produtividade!

Segundo psicóloga, explicação para melhorar rendimento está em mudanças hormonais e no metabolismo

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Imagine chegar ao escritório e se deparar com um gato, um papagaio ou, até mesmo, um cachorro. Por mais diferente que pareça, o convívio com animais pode deixar o ambiente de trabalho mais agradável e, conseqüentemente, aumentar a produtividade dos profissionais.

De acordo com a psicóloga Silvana Prado, outro fator positivo é o aumento da auto-estima do profissional. “Há muitos casos de pessoas que deixaram de ser nervosas, estressadas e se sentem mais seguras por conviverem com animais”, afirmou.

Emocional

A explicação para as vantagens de ter um animal no ambiente de trabalho são muito mais profundas do que se imagina. A psicóloga afirmou que somente a presença do animal é suficiente para mexer com os hormônios, a parte metabólica e também a afetividade das pessoas.

Aprenda a investir na bolsa

“No trabalho, por exemplo, há trabalhadores que chegam a ficar mais calmos, com mais prazer e focados nas tarefas”, disse Silvana.

Tenha bom senso

Ainda são poucas as empresas que quebram a formalidade do dia-a-dia, mas a tática pode dar certo… desde que todos tenham bom senso. O funcionário não deve ficar muito tempo com o animal nem deixar que ele seja motivo de distração a todo o momento.

Nada de trazer um cachorro gigante para espaços pequenos. Deixe-o no quintal! Outra situação complicada seria trazer um papagaio para um ambiente em que é preciso silêncio a todo o momento.