Bolsa lutadores

Anderson Silva é o brasileiro mais bem pago no UFC; veja top 10

O lutador recebeu US$ 3,4 milhões na carreira

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O lutador Anderson Silva pode ter perdido o cinturão para o norte-americano Chris Weidman no UFC (Ultimate Fighting Championship) 162, no começo deste mês, mas isso não significou um grande impacto em sua conta bancária.

Segundo um ranking feito pela empresa brasileira de auditoria BDO, Anderson Silva é o brasileiro mais bem pago na história do torneio. A bolsa que o Ultimate pagou para o lutador é nada menos que US$ 3,4 milhões. Por minuto, Silva recebe US$ 23.397.

Já em relação aos demais competidores do evento, o brasileiro cai para a sétima posição. O norte-americano Chuck Liddell lidera o ranking mundial, com uma bolsa total de US$ 4,32 milhões. Entre os cinco mais bem pagos ainda aparecem: Tito Ortiz (US$ 4,07 milhões), Georges St-Pierre (US$ 3,97 milhões), Michael Bisping (US$ 3,83 milhões) e Quinton Jackson (US$ 3,49 milhões).

PUBLICIDADE

Antonio Rodrigo Nogueira, mais conhecido como Minotauro, é o segundo brasileiro mais bem pago pelo torneio, com uma bolsa de US$ 2,89 milhões. Vitor Belfort aparece em terceiro e recebe uma bolsa de US$ 2,49 milhões.

Além da bolsa, os lutadores também recebem outros ganhos por luta, patrocinadores e porcentagem na venda de PPVs. Confira abaixo os 10 brasileiros mais bem pagos do UFC:

Ranking mundialLutadoresBolsa Total (em US$)
*BDO
Anderson Silva3.471.000
Minotauro2.890.000
12ºVitor Belfort2.494.000
13ºWanderlei Silva2.320.000
14ºLyoto Machida2.275.000
16ºMauricio Rua 2.215.000
21ºJunior dos Santos 1.880.000
31ºDemian Maia 1.116.000
33º Gabriel Gonzaga 1.037.000
34º Fabricio Werdum 1.010.000