Não saia da linha

Anda estressado? 4 dicas para ser mais calmo no trabalho

Um ambiente de trabalho estressante faz com que manter o equilíbrio emocional e a calma sejam tarefas desafiadoras

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um ambiente de trabalho estressante faz com que manter o equilíbrio emocional e a calma sejam tarefas desafiadoras. Esse tipo de desafio muitas vezes pode desencadear decisões inusitadas, como a da norte-americana Pamela Weiss, que em 1989 pediu as contas em seu emprego para passar uma temporada em um monastério budista na Califórnia.

Esse verão se transformou em dois anos e, algum tempo mais tarde, em um novo título: o de monja zen budista. Atualmente, Pamela oferece palestras sobre bem-estar para empresas como Twitter. Ela acredita que “levar todo o seu ser para o trabalho – mente, coração e corpo – ajuda você a trazer as melhores respostas para as situações”.

Confira a seguir você confere quatro dicas que Pamela oferece para se mais calmo no trabalho:

Aprenda a investir na bolsa

Identifique suas bases: para que as pessoas encontrem o comportamento correto, Pamela sugere que você encontre suas bases físicas. Da próxima vez que enfrentar uma situação difícil, pressione seus pés contra o chão. “Ao estabelecer uma fundação física forte, você traz senso de equilíbrio para seu corpo”, explica.

Torne-se um iniciante: muitas vezes é impossível evitar um debate mais acalorado com outros colegas de trabalho. Entretanto, você pode evitar a evolução dessa situação para áreas mais sensíveis e emocionais, como a de descontrole. Se estiver em um debate, não discuta, ao invés disso, comece a fazer perguntas. Pamela esclarece que “ao ser inquisitivo, você descobre novas maneiras de ver (a situação). Isso auxilia na superação de obstáculos.”

Nomeie seu humor: as oscilações de humor no ambiente de trabalho podem ser muito frequentes. Infelizmente, na maioria das vezes você só se lembra daquilo que foi negativo ou mais prejudicial. Para perceber como essa mentalidade é equivocada, Weiss sugere que você escreva a cada hora exatamente como se sente, resumindo seu estado de espírito ou humor. “No fim do dia, revise sua lista. Você irá perceber que até os piores sentimentos não duram para sempre.”

Deixe para lá: um dos aspectos mais prejudiciais do estresse no trabalho é levá-lo para fora do escritório afetando seus relacionamentos pessoais, tempo de descanso e lazer. “Antes de sair do escritório, imagine uma caixa. Coloque todos os eventos do dia dentro dela e enxergue-a flutuando para longe. Liberar esses pensamentos permite que você se envolva de todo coração quando chegar em casa”, aconselha a monja.

Veja mais matérias de Carreiras no Universia