Advogado de empresa precisa ser pró-ativo e conhecer negócio do cliente

Outro atributo para ter sucesso é a sinergia com a empresa, que é essencial para estabelecer uma relação de confiança

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Quem se forma em Direito, além dos caminhos tradicionais de abrir um escritório ou se dedicar para prestar um concurso público, pode atuar no departamento jurídico de uma empresa ou se especializar para atendê-las.

Para ter sucesso nessa escolha, contudo, é necessário que este profissional seja pró-ativo e procure se envolver e conhecer a empresa.

“O mais importante é o advogado participar e entender efetivamente qual é o negócio do seu cliente”, disse o presidente da Comissão do Jovem Advogado da OAB-SP, Gilberto Porto, durante o 2º Encontro do Novo Advogado Paulista, promovido pelo CJE (Comitê de Jovens Empreendedores) da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo)

Aprenda a investir na bolsa

Sinergia
De acordo com o vice-presidente da Fiesp, Elias Haddad, o advogado procurado por uma empresa deve contornar o “engessamento” natural da profissão e primar pela inovação.

Outro atributo para ter sucesso nesta área é a sinergia com a empresa, conforme explica o diretor-executivo do Cesa (Centro de Estudos das Sociedades dos Advogados), Orlando di Giacomo. Para ele, segundo publicado pela Agência Indusnet Fiesp, a sinergia é essencial para estabelecer uma relação de confiança.