Administração de networking: tome cuidado para não ser desagradável

"O perigo é confundir com parceiro alguém com quem se tem uma mera relação comercial", diz especialista

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Ninguém mais duvida que uma boa rede de relacionamentos é fundamental para uma carreira bem-sucedida. E muitos também já sabem que não basta conhecer profissionais, é necessário entrar em contato de tempos em tempos com as pessoas. Porém, qual é o limite na administração dessa rede?

“A gente tem que ser sutil. Hoje, fala-se muito em parceiros, e o perigo é confundir com parceiro alguém com quem se tem uma mera relação comercial, o que, geralmente, é o caso. Daí as pessoas começam a ligar muitas vezes, pedir indicação e agir de forma exacerbada”, explica o diretor comercial da Site Express, Leandro Ceccato.

Contato

“Seu contato comercial não é seu amigo, porque não há intimidade. Portanto, ficar ligando por ligar, apenas falar de si mesmo ou da empresa em que trabalha, seja sobre um produto novo que foi lançado, ou uma mudança, não é indicado. Quando for entrar em contato, tenha algo a oferecer. Por exemplo, pergunte se aquele problema foi solucionado ou dê dicas sobre o mercado.”

Aprenda a investir na bolsa

“Outro dia enviei a um investidor um torpedo com o link de uma matéria sobre uma empresa que buscava investidores. Certamente, essa pessoa irá lembrar de mim”, exemplifica o diretor. “Mas dizer que vai dar uma passadinha na empresa dele para tomar um cafezinho é uma coisa que pode incomodar, afinal tempo é artigo de luxo hoje em dia.”

Periodicidade

É importante entrar em contato, e esse contato não diz respeito ao simples envio de uma newsletter. No entanto, Ceccato não recomenda fazer um contato em períodos menores que dois meses a formadores de opinião de mercado.

Falando nisso, enviar cartões de Natal por e-mail às pessoas não soma nada, na opinião dele. “São cartões impessoais, que geralmente são direcionados a todos da lista. O melhor é mandar um cartão mais caro, via correio, para seus principais relacionamentos.”

O diretor da Site Express ainda dá outra dica: “Gerenciar as conversas estabelecidas com seus relacionamentos é importante. Os profissionais, principalmente aqueles que trabalham com vendas, devem ter um histórico organizado dos e-mails enviados, das mensagens, cartas e dos encontros.”