Acredite! Você e seu chefe podem se transformar em grandes parceiros

Clima "tenso" entre patrão e empregado virou quase tradição no ambiente corporativo... mas pode ser quebrado!

SÃO PAULO – Chefe: em muitas situações, a palavra gera antipatia. Logo se pensa naquela pessoa autoritária, super exigente, que vive cobrando resultados o tempo todo. O chefe pode ser motivo da depressão do domingo, dos primeiros sinais da gastrite ou de um início de estresse. Mas será que precisa ser sempre assim?

A resposta é…não!! Diante de tanta correria e pressão no trabalho, empregado e supervisor saem ganhando quando estabelecem uma parceria. Você acha impossível? Que tal pensar melhor a respeito?

Tensão para você…e para ele também!
O dia-a-dia não está fácil? Pressão, excesso de trabalho e prazos para todos os lados… A convivência começa a ficar mais simples se você tentar se colocar na posição do seu chefe em alguns momentos.

PUBLICIDADE

Se você tem sido cobrado, deixe a sua resistência de lado e procure perceber o quanto o seu chefe anda “atolado” também. Pense a respeito: dependendo de sua posição na empresa, seu chefe também deve ser liderado por alguém! Caso exerça um cargo de alto escalão ou mesmo seja o dono da empresa, a pressão será externa: clientes, acionistas, fornecedores…

Mil e uma funções
Você pode pensar: “meu chefe não me dá a mínima importância!” Que tal dar o primeiro passo e quebrar o gelo? Vale aí procurar conhecê-lo melhor e analisar como tem sido sua postura no trabalho. Afinal, se as coisas não estão fáceis entre vocês, ambos devem ter sua parcela de culpa.

Exponha-se mais e mostre interesse em mudar o jogo. Com o tempo, você perceberá os benefícios. Não se trata de bajular demais ou se anular diante da opinião alheia. Trata-se de iniciar uma parceria que renderá bons frutos para ambos.

Você pode encontrar nele a experiência profissional e o conhecimento que tanto busca para crescer, tornando-se o seu “guru” (e por que não?). Já o seu chefe poderá ter em você a inovação, a energia que em alguns momentos lhe escapa.

Quebre o gelo
Para isso, quebre a barreira e procure ser paciente. Aos poucos identificará pontos em comum entre vocês, características e objetivos parecidos. O trabalho se tornará mais ameno e os resultados serão melhores.

Afinal, uma dupla “afinada” consegue trabalhar muito melhor, conquistando até mesmo integrantes da equipe para a formação de um verdadeiro time. Lembre-se um ambiente de trabalho favorável faz toda a diferença!