A dez dias do fim do prazo, 700 mil trabalhadores ainda não sacaram abono salarial

Até a última sexta-feira (15), 9,244 milhões de benefícios já haviam sido pagos, dos 9,957 milhões de identificados

SÃO PAULO – O prazo para o pagamento do abono salarial referente ao exercício 2006/2007 termina no próximo dia 29 e mais de 712.960 trabalhadores que têm direito ao benefício ainda não o sacaram.

9,244 milhões de pagamentos

De acordo com a Caixa Econômica Federal, que realiza o pagamento do PIS (Programa de Integração Social), até a última sexta-feira (15), 9,244 milhões de benefícios já haviam sido pagos, dos 9,957 milhões de identificados.

Considerando os rendimentos do PIS, a entidade aponta que 14,257 milhões já haviam sido pagos, o que representa menos da metade dos 30,533 milhões de identificados.

Abono SalarialRendimentos
Identificados9.957.29830.533.115
Pagos9.244.33814.257.064
Valor (R$)3.165.183.788,18552.050.402,20
Não-pagos712.96016.276.051
Valor (R$)319.870.511,82653.594.453,90

PUBLICIDADE

Fonte: Caixa

Como receber

O trabalhador que tem direito a receber o PIS e que possui o Cartão do Cidadão, com senha cadastrada, pode se dirigir a qualquer agência da Caixa, casa lotérica, Caixa Aqui ou salas de auto-atendimento e realizar o saque.

Já os que não possuem o cartão devem se dirigir a uma agência do banco munidos de um documento de identificação e do número do PIS (localizado no próprio Cartão do PIS e na Carteira de Trabalho).

Quem tem direito

Para ter direito ao abono salarial é necessário que o trabalhador esteja cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos, tenha recebido uma média de até 2 salários mínimos mensais em 2005, tenha trabalhado pelo menos 30 dias com carteira assinada em 2005 e tenha os dados informados corretamente pelo empregador na RAIS de 2005.

No caso dos rendimentos, é preciso ter trabalhado com carteira assinada antes de 4 de outubro de 1988 e possuir saldo de quotas na conta PIS/PASEP, ou seja, não ter retirado o saldo, por motivo de aposentadoria ou outro permitido por lei.