jovens

9 razões para começar sua carreira em uma startup

Se você está em dúvida por onde começar sua carreira, confira abaixo 9 benefícios de escolher uma startup

SÃO PAULO – As multinacionais e grandes companhias são as empresas mais disputadas entre jovens que iniciam no mercado de trabalho. Grande parte desta preferência está relacionada aos benefícios atrativos, força da marca e à relativa estabilidade de emprego, mas esta tendência está mudando.

Hoje, cada vez mais jovens buscam alternativas às grandes empresas e apostam em startups. Para quem tem perfil empreendedor, elas têm sido as “empresas dos sonhos”, pelos desafios ligados a introduzi um novo produto ou serviço no mercado e pelo ambiente que acompanha o ritmo de crescimento desses negócios.

Se você está em dúvida por onde começar sua carreira, confira abaixo 9 benefícios de escolher uma startup, segundo a vice-presidente de Operações e Recursos Humanos do Portal imobiliário VivaReal, Renata Lorenz:

PUBLICIDADE

1. Você implementa suas ideias
Em uma startup, tudo está em processo de construção e todos estão abertos a aceitar sugestões. Se você tem uma boa ideia, a implementação acontece muito rápido e muitas vezes você mesmo pode fazer acontecer. E o melhor: vê o resultado do seu trabalho.

2. As coisas mudam
Sabe aqueles problemas das empresas que entra ano, sai ano, nunca mudam? Nas startups não existe isso, os desafios sempre existem, mas eles mudam de cara a toda hora. Não existe rotina, nem estruturas inflexíveis. Ambiente ideal para quem não quem não gosta de rotina.

3. Você assume responsabilidades muito cedo na sua carreira
Em uma empresa pequena, todo mundo assume responsabilidades e colabora nos processos críticos da empresa. É preciso que você seja multitarefas, independente da sua posição. Isso amplia muito suas experiências e proporciona aprendizagens que podem ser muito significativas na sua vida pessoal e profissional.

4. Sua carreira pode decolar
Com tantas oportunidades acontecendo todos os dias, quem entrega resultados e está pronto para assumir novos desafios é promovido. Isso porque muitas vezes a posição de gerente ou diretor ainda não existe – então, se você está pronto, ela pode ser sua. E muito frequentemente, você terá oportunidades para fazer gestão de pessoas muito mais cedo do que os seus colegas na indústria.

5. Você está próximo da estratégia do negócio
As relações são horizontais, isso é, CEOs não têm secretárias e todos os vice-presidentes sentam no meio da operação. Você pode tomar café com o CEO e conversar sobre as perspectivas de futuro da empresa logo no seu primeiro mês de empresa.

6. O clima é jovem e descontraído
Além de geralmente não ter código de vestimenta, o chamado “dress code”, o ambiente de trabalho é mais jovem, começando pelos próprios fundadores. No VivaReal, por exemplo, a média de idade da empresa é de 29 anos e da alta gestão, 32. “Isso faz com que todos sejam muito próximos, criando um ambiente onde além dos desafios do trabalho, você pode fazer muitos amigos”, disse Renata.

PUBLICIDADE

7. Você pode errar
A construção de uma empresa é feita com base em erros e acertos, e você vai fazer parte deles. Errar, inclusive, é uma das grandes oportunidades de aprendizado que um profissional pode ter. Muitas vezes, entretanto, isso não acontece em empresas com estruturas maiores, onde certos erros já foram feitos no passado, mas você não teve chance de aprender com eles.

8. Você vai viver em um ambiente internacional
Startups são opções frequentes para estrangeiros com interesse em explorar o mercado brasileiro. Você vai conhecer e aprender com alemães, americanos, italianos, ucranianos e muito mais.

9. Você aprende o que é construir um negócio
Vivendo o dia a dia de uma startup, você aprende o que realmente importa: um bom produto e um bom time. Aprende que muitas vezes o ótimo é inimigo do bom e que para seguir em frente, é preciso aceitar riscos, fazer apostas e tomar decisões difíceis. Você sente que cresce como pessoa e profissional diariamente. Todos têm como objetivo em comum o crescimento da empresa, o que cria um laço emocional com o produto e um sentimento de ser dono do negócio muito fortes, deixando as conquistas ainda mais recompensadoras.