Sucesso

8 ensinamentos da VP de Pessoas do Facebook a todos os seus gestores

Ao chegar a um cargo de liderança na empresa de Zuckerberg, todos os profissionais devem aprender essas lições

arrow_forwardMais sobre
Mulher digitando no teclado
Escritório

SÃO PAULO – Desde 2008, Lori Goler trabalha no Facebook. Ela é Vice Presidente da área de Pessoas, e tem para si a missão de transformar a companhia em um lugar “baseado em forças”.

Segundo o site Business Insider, que entrevistou a executiva, seus métodos de recrutamento seguem as regras do livro “Primeiro, quebre todas as regras”, segundo as quais gestores devem focar em pontos fortes e ignorando fraquezas.

Confira oito das lições principais desse estilo de recrutamento, as quais são ensinadas aos funcionários do Facebook:

PUBLICIDADE

1. Relacionamentos interpessoais são cruciais para o sucesso

Para saber se a equipe está motivada, é preciso garantir alguns pontos essenciais.

Todos os funcionários devem saber o que é esperado deles no ambiente de trabalho; ter o equipamento necessário para trabalhar e a oportunidade de fazer o que sabem melhor; receber reconhecimento com frequência; sentir-se importantes e encorajados; ser ouvidos; acreditar na missão da empresa; ver comprometimento entre os colegas; ter um amigo; conversar sobre progresso e ver que teve oportunidade de aprender e crescer.

2. Gestores não seguem a regra de ouro

Para o livro, a regra de tratar o outro da mesma forma que gostaria de ser tratado não é interessante para quem está na posição de gestor. A sugestão é tratar o outro da forma como essa pessoa gostaria de ser tratada, não importando quem seja.

3. Líderes e gestores são necessários, e totalmente diferentes

Para os autores, bons gestores devem olhar a companhia internamente, enquanto bons líderes têm a visão externa – e, portanto, não devem ficar em necessidades individuais. Ambos são igualmente importantes dentro da companhia e um não deve substituir o papel do outro.

4. Contrate talentos

A definição de talento usada no livro é um “padrão recorrente de pensamento, sentimento ou comportamento que possa ser aplicado produtivamente”. Determinação e inteligência são fatores a ser analisados posteriormente.

5. Pessoas devem ser guiadas por resultados, não caminhos

Bons gestores oferecem a possibilidade de seus funcionários atingirem seus objetivos – previamente estabelecidos – através dos caminhos que escolherem.

6. Bons gestores passam a maior parte do tempo com as melhores pessoas

Embora a intuição diga que passar mais tempo com as pessoas que têm mais dificuldade é produtivo, os autores acreditam que são os funcionários com melhor desempenho que trazem o crescimento de uma empresa. Portanto, esses são os que merecem mais atenção.

7. Atenção ao caminho

PUBLICIDADE

Muitas companhias promovem bons funcionários para funções que não permitem que exerçam seus talentos. A solução é criar posições mais altas diferentes, de forma que o funcionário possa ser recompensado ao mesmo tempo que produz.

8. Saiba fornecer feedbacks

Revisões de desempenho devem ser semestrais ou anuais, e nunca uma surpresa para os funcionários. A frequência ideal é variável, mas conversas são essenciais para manter o alinhamento.