Relaxa!

8 dicas de líderes de sucesso sobre como lidar com o estresse no trabalho

É possível minimizar os efeitos do estresse no dia-a-dia com as dicas dos empresários

SÃO PAULO – O estresse parece fazer parte da rotina de muitos empregos, especialmente quando seu cargo exige uma série de tomadas de decisões e responsabilidades. Mas a vida atribulada e a pressão no trabalho não podem deixar o estresse tomar conta da sua rotina.

Para facilitar essa luta diária entre estresse, responsabilidades e pressão no mundo corporativo, o site Fortune.com elencou 8 dicas que líderes de sucesso usam para lidar com o estresse, e que provavlemente te auxiliarão para o mesmo caminho.

1. Tim Cook: Planeje com antecedência. “Se as segundas-feiras chegam e você sente sufocado de tanto trabalho, tente se organizar no domingo para a semana de trabalho começar melhor, render mais e você pode dividir as tarefas para dar um equilíbrio na rotina diária”, disse o CEO da Apple.

PUBLICIDADE

2. Jeff Bezos: Encare o estresse de frente. A fonte do estresse não deve ser ignorada, enfrente diretamente a situação sem deixar acumular mais dessa sensação angustiante.

“O estresse vem principalmente de não agir sobre o que você pode ter controle”, disse o CEO Amazon em uma entrevista com Academy of Achievement. “Quando identifico de onde vem o problema é quando consigo pensar em algo para começar a resolver essa situação. E, mesmo se não for resolvido, o simples fato de que estou abordando o assunto reduz drasticamente qualquer estresse proveniente dele”.

3. Oprah Winfrey: Ache um lugar calmo. Quando começar a se sentir pressionado, ou o estresse de uma negociação bater, vá para algum lugar menos agitado na empresa, mesmo se esse local for o banheiro, explica Winfrey.

“Em alguns dias eu quero gritar na orelha de todo mundo quando lido com as complexidades de obter bons shows no ar. No entanto, não preciso me desesperar e sair gritando por mais que eu queira. Eu posso contar em uma mão o número de vezes em que eu realmente levantei a voz para alguém”, escreveu a magnata da mídia em seu livro. “Eu costumo ir para um lugar tranquilo. O banheiro funciona maravilhosamente bem. Eu fecho meus olhos, foco em mim e respiro”.

4. Susan Wojick, CEO do YouTube: Uma pausa ou uma folga cai bem de vem em quando. Às vezes, se afastar da fonte do estresse, tirar uns dias de folga é o que você precisa para pensar mais claramente e resolver o problema.

“Eu acho que é realmente importante tirar uma folga”, disse a CEO YouTube Susan Wojicki. “E eu também descobri que às vezes você consegue pensar em boas soluções, ficando um tempo fora do ambiente de estresse contínuo que é a empresa”.

PUBLICIDADE

5. Ariana Huffington, fundadora do The Huffington Post: Durma mais. Segundo ela, um dia de trabalho produtivo começa realmente na noite anterior, assim que o sono uma prioridade.

“Há aquele brilho especial depois de uma boa noite de sono quando você sente realmente confortável e disposto”, disse ela em uma entrevista de 2013. “Você se sente como: Pode mandar o problema – posso lidar com qualquer coisa'”.

6. Michelle Obama: Exercícios físicos. “O exercício é muito importante para mim – é terapêutico”, disse a primeira-dama à Marie Claire. “Se estou tensa ou estressada ou como se eu estivesse prestes a ter um colapso, coloco meu iPod e vou para o ginásio ou ando de bicicleta ao longo do Lago Michigan com as meninas”.

7. Gary Vaynerchuk, empreendedor: Lembre-se do que realmente importa. Ele faz questão de manter a perspectiva de que no fim do dia, seu trabaho é apenas um negócio.

“Mesmo os raros dias em que eu realmente me estresso, vejo que um verdadeiro problema seria se alguém como minha mãe ou filha estivessem no hospital”, disse ele em uma entrevista. “Eu sei que é algo melancólico… , mas me faz agir diferente muito rapidamente. É apenas um negócio, que pode dar certo ou errado, não vai ser o fim da minha vida”

8. Satya Nadella, CEO da Microsoft: Facilite uma comunicação aberta. Segundo ele, um ambiente de trabalho harmonioso precisa de um líder que administre o estresse bem.

“A noção de ter harmonia entre vida e trabalho em um mundo corporativo altamente competitivo é um tema que merece atenção”, diz o CEO da Microsoft. “A chave é certificar-se de que está se envolvendo em um diálogo com seus empregados. Você não pode ter pessoas estressadas em sua empresa, muito menos influenciar isso. É ruim para a empresa, e para a sociedade”.