“Enem dos Concursos”: 76% dos pagantes garantem inscrição; governo arrecada R$ 126 mi

Concurso é o maior do país; provas acontecem em 5 de maio e resultados saem em 30 de julho

Giovanna Sutto

Publicidade

Esther Dweck, ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, afirmou nesta sexta-feira (23) que 1,54 milhão ou 76,1% dos candidatos pagantes que fizeram a inscrição no Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), ou “Enem dos Concursos”, efetivaram a candidatura e farão a prova em 5 de maio. O resultado é acima da média para o país, de 60% e considerado um sucesso pelo governo.

Cerca de 512 mil pessoas se inscreveram, mas não pagaram as taxas ou não conseguiram a isenção requerida, segundo a ministra explicou que em coletiva à imprensa nesta sexta. Ela apresentou uma espécie de raio-x do concurso com os dados segmentados de várias formas.

Com um total de candidatos pagantes, foram arrecadados R$ 126 milhões. A estimativa do governo é de que o valor seja suficiente para arcar com os custos do concurso. As inscrições podiam ser feitas até 9 de fevereiro e o pagamento das taxas até 16 de fevereiro.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

No total (pagantes e isentos), 2,14 milhões farão a prova. A previsão inicial do governo é que o número de inscritos total poderia chegar a 3,5 milhões. Dweck alega que o resultado, mesmo abaixo da previsão, foi um sucesso. “Quando temos a estimativa era pela novidade de ser para o Brasil inteiro. É um novo concurso e fizemos uma previsão inicial. Mesmo assim consideramos um sucesso esse resultado, é o maior concurso do país”, disse.

Entre os destaques, ela ressaltou que dos confirmados, 56% são mulheres e 44% homens. “É o inverso do que temos no setor público, em que temos 46% de mulheres e 54% de homens”, afirmou.

Além disso, há candidatos de 5.555 municípios diferentes do país. Dweck comemorou o resultado. “Conseguimos deixar o concurso o mais amplo possível, o que faz com que as pessoas consigam fazer a prova mais perto de suas residências, que era um dos objetivos do concurso: trazer mais facilidade. Lembrando que 94% da população apta a fazer o concurso terá uma cidade a menos de 100 km de distância para fazer a prova”, disse a ministra.

Continua depois da publicidade

São Paulo tem o maior número de inscritos absolutos, mas quando olhamos para a proporção da população acima de 18 anos inscritas por estado, o Ditrito Federal assume a liderança com 220,4 mil inscritos, número superior ao de inscritos no Enem em 2023.

O bloco temático 8, focado em nível intermediário, foi o que teve o maior número de inscritos. Confira:

Cargos com mais inscrições

CargoInscrição confirmada (pagantes+isentos)
1. Técnico em Indigenismo (Funai) – nível médio 323.250
2. Técnico em informações geográficas e estatísticas (IBGE) – nível médio 316.543
3. Auditor-fiscal do Trabalho (MTE) – auditoria e fiscalização 315.899
4. Analista técnico-administrativo (AGU) – graduação em qualquer área 297.114
5. Analista técnico-administrativo (MGI) – graduação em qualquer área 288.859
Fonte: Ministério de Gestão e Inovação (MGI)

Datas e vagas

A prova será realizada no dia 5 de maio e os cartões de confirmação ficam disponíveis a partir de 25 de abril. O concurso contará com avaliações objetivas específicas e dissertativas, por área de atuação. A prova será aplicada em 220 cidades. O gabarito será divulgado em 7 de maio.

Os candidatos vão disputar 6.640 vagas distribuídas entre 21 órgãos que participam do certame. Do total de vagas, 5% serão destinadas a pessoas com deficiência, e 20% para pessoas negras. Para cargos na Funai, 30% das vagas serão para indígenas. A Fundação Cesgranrio foi a instituição escolhida para realizar o processo seletivo.

Consulte os órgãos que participam do Concurso Público Nacional Unificado e o número de vagas ofertadas em cada uma das carreiras. Confira ainda quais as cidades que sediarão as provas.

O resultado final das provas objetivas e preliminares das questões discursivas e da redação será disponibilizado em 3 de junho, e o resultado final sairá em 30 de julho.

Giovanna Sutto

Repórter de Finanças do InfoMoney. Escreve matérias finanças pessoais, meios de pagamentos, carreira e economia. Formada pela Cásper Líbero com pós-graduação pelo Ibmec.