Emprego

7 tipos de profissionais estão em falta no mercado de trabalho; saiba quais

Ainda que a procura de candidatos seja intensa, algumas características e perfis são difíceis de ser encontrados em candidatos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em virtude do aumento no número de currículos enviados nesse primeiro trimestre, a consultoria Page Personnel analisou o que os candidatos e estão procurando e se o mercado corresponde a seus anseios.

Com um número 40% maior de currículos recebidos, Juliana Alvarez, gerente da Page Personnel, afirma que não são provenientes somente de profissionais fora do mercado, mas também de candidatos que procuram mudar de emprego. As novas oportunidades no mercado de trabalho correspondem a 30% das vagas anunciadas, enquanto o restante corresponde à substituição de pessoas.

As empresas buscam por mais eficiência e profissionais capazes de reduzir os custos delas, daí tamanha busca por substituição de funcionários. Mas ainda que a procura de candidatos seja intensa, a consultoria indica que algumas características e perfis são difíceis de ser encontrados.

PUBLICIDADE

Veja quais são e por que:

1. Engenheiro de vendas
Acompanha a rotina comercial das empresas, ajudando o cliente nas especificações técnicas de peças, maquinários e equipamentos – o profissional atua de maneira consultiva.

O domínio da língua inglesa é essencial para esse cargo, já que é exigido em sua maioria por multinacionais.

Salário médio: R$ 7 mil

2. Analista de desenvolvimento mobile para área de TI
O profissional é responsável por desenvolver aplicações mobile para iOS e Android e, por serem tecnologias mais recentes, há escassez de profissionais com conhecimentos no mercado.

Salário médio: de R$ 6 mil a R$ 7 mil

PUBLICIDADE

3. Analista fiscal
A falta de domínio em outra língua, principalmente o inglês, dificulta encontrar um profissional adequado para o cargo, responsável pelas rotinas fiscais das empresas.

Salário médio: R$ 5,5 mil

4. Analista contábil
O mesmo que acontece com analistas fiscais e engenheiro de vendas: um analista contábil ideal deve ter proficiência em uma segunda língua. Ele é responsável por rotinas contábeis da empresa.

Salário médio: R$ 6 mil

5. Gerente comercial para área de vendas e bens de consumo
Responsável pela venda e relacionamento com as redes supermercadistas, o profissional deve, imprescindivelmente, ter o domínio de um segundo idioma.

Salário médio: R$ 8 mil

6. Coordenador de departamento de RH
Embora para este cargo também seja necessário o domínio do inglês, o problema para contratação é outro: falta conhecimento de softwares de folhas de pagamento no currículo de candidatos. O profissional é responsável por conduzir projetos de RH.

Salário médio: entre R$ 5 mil e R$ 7 mil reais.

7. Analista de produto para área de marketing
A falta de um conhecimento técnico do setor é uma característica essencial e difícil de encontrar no perfil de candidatos. O profissional é responsável por criar novos produtos.

Salário médio: entre R$ 3,5 mil e R$ 4,5 mil.