Você já leu esses?

7 livros de negócios e ficção indicados por Abilio Diniz

Empresário bilionário é presidente do Conselho de Administração da BRF

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Aos 80 anos, Abilio Diniz coleciona muita experiência profissional. O empresário é presidente do Conselho de Administração da BRF, presidente do Conselho de Administração da Península Participações, e membro dos Conselhos de Administração do Grupo Carrefour e do Carrefour Brasil.  

Diniz ficou com 14° lugar entre os homens mais ricos do país, 477ª pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes. Entre tantos hábitos, um dos que mais pratica é a leitura.

A pedido do InfoMoney, Diniz elencou os 7 livros que mais influenciaram sua carreira profissional ao longo desses anos ou que funcionam como entretenimento e comentou por que cada um foi muito importante.

PUBLICIDADE

Confira a lista:

Vencedores por opção, Jim Collins

“É um livro muito bom do James Collins, que trata das chamadas “pessoas fora de série”. O livro diz que a gente é aquilo que escolhe ser na vida. Ninguém nasce pronto. É preciso decidir ser vitorioso e, a partir dessa decisão, correr atrás e lutar para conquistar os objetivos”, comenta o empresário.

Empresas feitas para vencer, Jim Collins

“Para mim, é o melhor livro do Jim Collins. Ele define como são as empresas e como elas conseguem se manter performando bem por muito tempo. Jim conta que, para isso, a empresa precisa deixar de ser boa para se tornar excelente. O autor ainda explica e caracteriza as categorias de executivos, o que pode ser muito útil para avaliar o que se quer ser e onde se quer chegar”, explica Diniz.

Como chegar ao sim com você mesmo, William Ury

PUBLICIDADE

“É um livro excelente, um dos mais recentes do William Ury, mestre de negociações de Harvard e que eu considero um grande escritor. O autor conta que antes de convencer a pessoa com quem você está negociando, é necessário convencer a si mesmo do que você realmente quer. E isso significa desistir de algumas coisas que não são tão importantes assim”, diz.

Um lugar chamado liberdade, Ken Follet

“Ken Follett é o meu autor preferido. Ele mistura história e ficção de um jeito instigante. Neste livro ele relata a história de um mineiro escocês que abandona sua vida de quase escravidão e foge para os EUA no século 18, um mundo novo cheio de oportunidades e riscos”, revela.

O terceiro gêmeo, Ken Follet

“Também do Follett, este é um dos melhores livros de ficção que eu já li. Eu recomendo porque é um entretenimento muito gostoso para relaxar, é uma trama sensacional envolvendo manipulação genética em embriões humanos”, justifica o empresário.

Millennium, Stieg Larsson

“Gosto de livros de ficção que levam minha cabeça para divagar longe do dia a dia. Fiquei muito entretido pela trilogia Millennium, escrita pelo jornalista sueco Stieg Larsson. São thirllers psicológicos que prendem a nossa atenção, com uma narrativa cheia de descobertas”, conta.

Headhunters, Jo Nesbo

“É uma história de suspense, escrita pelo autor norueguês, Jo Nesbo. O livro conta a história de um caçador de talentos que passa por uma trama inacreditável que envolve o mundo das artes”, explica o empresário.

Quer investir e ser o próximo Abílio Diniz? Abra sua conta na XP.