Certeiras

6 maneiras para garantir que você nunca conseguirá um aumento

Colunista lista o que você não deve fazer nunca na hora de pedir um salário

SÃO PAULO – O quanto você ganha tem um forte impacto em toda sua vida. Assim, ter um aumento em seu salário pode ser um fator determinante em sua trajetória pessoal e financeira. No entanto, muitas pessoas tomam atitudes, mesmo que sem intenção, que prejudicam muito esse processo. A colunista do site Business Insider Kathleen Elkins listou 6 maneiras que você pode garantir que não conseguirá pedir um aumento.

1 – Você não pede um aumento

De acordo com uma pesquisa realizada nos EUA mencionada pela colunista, 56% dos funcionários nunca pediram por um aumento, e as mulheres costumam pedir ainda menos que os homens.  A mesma pesquisa apontou que dois terços das pessoas que pedem por um aumento conseguem um, e as taxas de sucesso são as mesmas para homens e mulheres.

PUBLICIDADE

2 – Você pede cedo demais

“A geração de jovens atual recebeu tantos prêmios ao crescimento que um estudo recente mostrou que 40% deles acreditam que deveriam ser promovidos a cada dois anos, independentemente da performance”, escreve o jornalista Joel Stein para a revista Time. No entanto, essa mentalidade pode custar muito caro.

3 – Você não vai preparado

Pedir é só metade da batalha. Você não pode simplesmente dizer “eu quero um aumento” e não trazer argumentos que suportem seu pedido. Se você vem preparado com destaques de suas conquistas, habilidade e experiência, você consegue justificar o que está pedindo, comenta a colunista.

4 – Você não sabe o que quer

Se você quer um aumento, tem que ter suas metas definidas antes de pedir. Comece determinando o quanto você vale. Depois, decida quanto vai pedir e até quanto está disposto a aceitar. Saber o que você quer é a “regra de ouro” na hora de negociar.

PUBLICIDADE

5 – Você deixou claro que não pensa em sair da empresa

De acordo com Lee E. Miller, coautor do livro “A Womans’s Guide to Successful Negotiantin” (Um guia para as mulheres negociarem com sucesso, em tradução livre do inglês), passar a impressão de que você não deixaria nunca seu emprego coloca a pessoa em desvantagem. “Se você aborda seu chefe deixando claro que não vai deixar a empresa, porque ele pagaria mais?”, questiona o autor.

6 – Você fala sobre o que é “justo”

Não entre na negociação procurando uma “saída justa”. Miller explica: “o conceito de justiça não é uma maneira efetiva de abordar a negociação de salário porque colocará o empregador na defensiva”, relata. Ao invés disso, o melhor é ver a negociação como uma competição, em que você tenta ter o melhor resultado possível.

 

Leia também:

O método do editor-chefe do InfoMoney para economizar (funcionou até quando ele ganhava R$ 1.300/mês)

Baixe um pacote de planilhas financeiras gratuitas

Quer saber se você está investindo bem? Faça uma simulação