é o seu caso?

4 máximas para quem quer conquistar um cargo de gestão

O cargo de gestão deixou de ser uma simples promoção para quem está há anos na empresa. A oportunidade surge para quem se prepara para ser líder. É o seu caso?

SÃO PAULO – Foi-se o tempo em que a experiência na empresa era o principal requisito para se tornar gestor. Hoje, além de conhecimento técnico, o líder precisa desenvolver uma série de características comportamentais que serão decisivas para a equipe, promovendo o engajamento dos liderados e a produtividade da área.

Para quem busca um cargo de gestão na empresa, o sócio da Hound Consultoria, Alexandre Kalman, mostra o que os superiores esperam de um gestor (e como chegar lá). Confira:

1. Planeje sua carreira. O primeiro passo é desenvolver um bom planejamento de carreira. “O profissional precisa ter uma direção muito bem definida sobre o que quer para a sua carreira. Para isso, é preciso saber aonde ele quer chegar em um determinado período de tempo e traçar uma série de metas temporais, que sejam ao mesmo tempo factíveis e desafiadoras”, conta o executivo. “Além de se manter motivada, a pessoa terá uma capacidade maior de desenvolver suas habilidades para alcançar esses objetivos.”

PUBLICIDADE

2. Não pare de estudar. A busca constante por conhecimento também é essencial para a pessoa que deseja se tornar um líder. Mais do que estudar outros idiomas e estar atualizado tecnicamente em seu ramo de atuação, hoje em dia é fundamental fazer a conexão do que acontece no mundo com seu dia-dia e por consequência seus impactos, ou seja buscar uma visão estratégica.

3. Conheça a si mesmo. O desenvolvimento comportamental também é um fator muito importante para se chegar ao cargo de chefia. Conhecer a si mesmo, identificar os pontos fracos e procurar aprimorá-los, aprender a motivar, ser conciliador e resilente são caracterísiticas preponderantes para liderar bem uma equipe – e que certamente seu gestor cobrará de você, caso pense em te promover. 

“O profissional é visto de maneira diferente, desde o início da carreira, quando aprende a motivar e inspirar seus pares e superiores, a não se abalar com fatos negativos e a ter jogo de cintura para resolver os conflitos que sempre vão aparecer. Essa atitude, de não esperar as coisas acontecerem, mas fazer acontecer, carregará naturalmente a pessoa a cargos mais altos”, conta o sócio da Hound.

4. Aja como dono do negócio. Para Kalman, seguindo esses passos, o profissional dará mais confiança e preparo aos seus superiores, além de mostrar que ele se importa com os resultados da empresa. “Um diretor ou gerente não terá dúvidas em escolher para a promoção um funcionário que não apenas apresente resultados, mas também aja como se fosse o dono do negócio, pensando a longo prazo e conseguindo se adaptar às diferentes situações do cotidiano profissional. Esse comportamento será fundamental para executar com qualidade as tarefas de gestor”, conclui.