Iniciativa

36% das empresas oferecem apoio jurídico e psicológico aos profissionais

Geralmente, este tipo de programa é oferecido para os profissionais de todos os níveis hierárquicos. Apenas 7% disseram que a medida é destinada para altos executivos e supervisores

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Foi-se o tempo em que os problemas pessoais ficavam da porta para fora no ambiente trabalho. Muitas empresas têm oferecido ao seus profissionais apoio jurídico e psicológico para evitar que situações como estas afetem o desempenho do colaborador. Estes programas são denominados de EAP (Employee Assistance Program).

No Brasil, 36% das empresas têm este programa. É o que revela uma pesquisa realizada pela Towers Watson, feita com 198 empresas nacionais e multinacionais de diversos segmentos. Geralmente, este tipo de programa é oferecido para os profissionais de todos os níveis hierárquicos. Apenas 7% disseram que a medida é destinada para altos executivos e supervisores.

Tipos de ajuda
Entre os tipos de benefícios oferecidos estão aconselhamento financeiro e apoio psicológico em situação de luto, ambos com 56%, aconselhamento médico (55%), aconselhamento psicológico presencial e atividades de suporte na gestão de pessoas (resolução de conflitos,estresse no trabalho, etc.), com 49%.

PUBLICIDADE

Outros 45% dão aconselhamento psicológico por telefone ou por internet, 44% seminários e treinamentos, 42% serviços legais, 34% assistência a problemas domésticos e aconselhamento de carreira, 23% serviços comunitários e 20% assistência infantil.